Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex- Milan, Maldini é indiciado por acusação de corrupção

Ex-capitão do Milan é acusado de subornar um funcionário público para obter vantagens no controle fiscal

Agência Estado |

O ex-jogador Paolo Maldini, que fez história com a camisa do Milan e da seleção da Itália, foi indiciado nesta segunda-feira após acusação de corrupção. A justiça italiana alega que ele teria subornado um funcionário da Receita para evitar controles fiscais. 

Maldini participou de audiência nesta segunda-feira, juntamente a outras 12 pessoas que estariam envolvidas no caso. A promotoria de Milão havia iniciado o inquérito em 2010, quando o ex-jogador e outras 42 pessoas, incluindo sua esposa, Adriana Fossa, foram investigados por práticas para receber tratamentos fiscais favoráveis - Adriana Fossa foi declarada inocente.

De acordo com o advogado do ex-capitão da seleção italiana, Danilo Buongiorno, seu cliente não está preocupado, porque "nunca corrompeu ninguém" e porque "não há prova de corrupção e a Corte perceberá isso".

A justiça italiana afirma que Maldini, que se aposentou do futebol na temporada 2008/09, após atuar por 25 anos no Milan, queria obter essas informações para facilitar uma operação imobiliária da qual pretendia participar, na região da Toscana. O julgamento do caso foi agendado para o dia 21 de junho.

Leia tudo sobre: futebol mundialitaliamilan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG