Tamanho do texto

É um grande clube, mas há cinco anos não ganha nada e isso, para mim, é uma crise, cutucou o lateral do Manchester United

A três dias do clássico diante do Arsenal, que acontecerá na próxima segunda-feira, no Old Trafford, pelo Campeonato Inglês, o lateral Patrice Evra, do Manchester United, esquentou o clima da partida. O jogador chamou o rival de "centro de treinamentos" e afirmou que o estilo de jogo do time londrino é bonito, mas não rende títulos.

"O Arsenal é um centro de treinamentos. Eu assisto eles jogando e gosto, mas eles vão conquistar o título? É disso que as pessoas se lembram. O Arsenal é um grande clube, mas há cinco anos não ganha nada e isso, para mim, é uma crise", disse o francês.

O Arsenal é líder do Campeonato Inglês, com 32 pontos, um a mais do que o Manchester, que tem uma partida a menos. Apesar disso, Evra revelou que não se preocupa muito com a equipe londrina e vê o Chelsea, terceiro lugar, com 30 pontos, como principal adversário na briga pelo título.

"Nós podemos perder para eles, mas e aí? Não há nada (para o Arsenal), não haverá troféu, nada. Nosso real inimigo é o Chelsea. Estamos mais preocupados com os resultados do Chelsea do que com os do Arsenal, mesmo sabendo que o Arsenal é um grande time, que pode ganhar do Chelsea, de nós, ou de qualquer um", analisou.

Para o lateral francês, a diferença do adversário da próxima segunda para o Manchester United é a capacidade de decisão. "A diferença é que jogamos futebol, mas também temos força. Há vezes em que eles não matam as partidas, enquanto nós somos mais eficientes", afirmou.

As declarações de Evra não foram bem recebidas pelos jogadores do Arsenal. "Não somos crianças e vamos mostrar isso na segunda-feira. Vamos mostrar ao Manchester United que o Arsenal realmente cresceu", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.