Levantamento de consultoria mostra que seis times da Europa ganharam mais negociando jogadores do país. Cruzeiro aparece em 7°

Anderson em ação pelo Manchester United: vendido aos ingleses pelo Porto
AFP
Anderson em ação pelo Manchester United: vendido aos ingleses pelo Porto
Seis clubes europeus faturaram mais com venda de jogadores brasileiros do que qualquer time do Brasil. O estudo feito pela Pluri Consultoria analisou as maiores negociações envolvendo atletas do país na história e chegou à curiosa constatação: o Cruzeiro é o time do país que mais faturou com essas negociações, mas aparece apenas na sétima posição, seguido por Internacional (11° no geral), São Paulo (13°), Santos (20°) e Palmeiras (34°).

Leia mais : Seleção brasileira vale menos do que Barça, Manchester City e Real Madrid

O Porto , de Portugal, lidera esse ranking. Com R$ 208,1 milhões em vendas de brasileiros, os portugueses superam Barcelona, Milan, Sevilla, Parma e Benfica daqueles clubes que mais receberam em negociações de atletas nascidos no Brasil. Veja na tabela abaixo os dez clubes quem mais ganharam, em valores atualizados para reais, no estudo realizado pela Pluri Consultoria.

Clube Valor recebido com vendas de brasileiros
Porto (POR) R$ 208,1 milhões
Barcelona (ESP) R$ 165,6 milhões
Milan (ITA) R$ 149,5 milhões
Sevilla (ESP) R$ 128,8 milhões
Parma (ITA) R$ 126,5 milhões
Benfica (POR) R$ 119,6 milhões
Cruzeiro (BRA) R$ 115,9 milhões
La Coruña (ESP) R$ 111,5 milhões
Inter de Milão (ITA) R$ 103,5 milhões
Real Madrid (ESP) R$ 98,9 milhões


Estratégia
O grande negócio do Porto com jogadores brasileiros foi a venda do meia Anderson para o Manchester United, pelo valor de R$ 72,4 milhões. Deco , para o Barcelona, e Jardel, para o Galatasaray, também renderam bom dinheiro aos portugueses. Não é surpreendente clubes europeus faturarem alto com brasileiros – antigamente, os jogadores saíam do Brasil jovens, por valores não muito altos, e depois eram revendidos por quatro ou até cinco vezes mais dentro de solo europeu.

Veja também : Vasco é o time da Série A que mais valorizou, Palmeiras é o lanterna

Kaká , por exemplo, que aparece como o jogador brasileiro mais caro da história. O Milan pagou ao São Paulo R$ 17 milhões em 2003 e, seis anos depois, faturou R$ 149 milhões do Real Madrid, quase nove vezes mais. Os espanhóis, ainda segundo levantamento da consultoria, foi o time que mais gastou em atletas brasileiros, com R$ 476 milhões, superando o Barcelona, que desembolsou R$ 414 milhões.

Só há um caso entre os valores mais volumosos de um jogador que tenha saído direito do Brasil. Em 1999, o Betis desembolsou mais de R$ 70 milhões para tirar Denilson do São Paulo, no que é até hoje a maior transação feita por um clube brasileiro. Os espanhóis nunca mais recuperaram o dinheiro com o jogador que não se tornou a estrela que prometia ser.

Veja abaixo os 10 jogadores brasileiros mais caros da história:


Jogador Transação Valor pago
Kaká Milan para Real Madrid (2009) R$ 149 milhões
Ronaldo Inter de Milão para Real Madrid (2002) R$ 103,5 milhões
Robinho Real Madrid para Manchester City (2009) R$ 98,9 milhões
Daniel Alves Sevilla para Barcelona (2008) R$ 82,8 milhões
Ronaldinho Gaúcho Paris Saint-Germain  para Barcelona (2003) R$ 74,2 milhões
Denilson São Paulo para Betis (1998) R$ 72,4 milhões
Anderson Porto para Manchester United (2007) R$ 72,4 milhões
David Luiz Benfica para Chelsea (2010) R$ 69 milhões
Ronaldo Barcelona para Inter de Milão (1997) R$ 64,4 milhões
Amoroso Udinese para Parma (1999) R$ 64,4 milhões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.