Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Estrelas decepcionam e Flamengo e Fluminense empatam sem gols

Goleiros atuaram bem e foram os principais responsáveis pelo resultado no clássico carioca

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Destaques não faltavam para o clássico entre Flamengo e Fluminense, na noite deste domingo, no estádio Engenhão. A estreia de Thiago Neves contra seu ex-clube, o primeiro Fla-Flu de Ronaldinho Gaúcho, a disputa pessoal entre Muricy Ramalho e Luxemburgo. Dentro das quatro linhas, porém, os craques não tiveram o desempenho esperado, e os goleiros Felipe e Ricardo Berna foram bem, sendo responsáveis pelo empate de 0 a 0, apesar das chances criadas.

Enquanto o Flamengo dominou praticamente toda a primeira etapa, o Fluminense foi superior no segundo tempo, e o placar acabou sendo justo pelo que cada time apresentou. Com o resultado, o Flamengo lidera o grupo A, com sete pontos em três jogos. Já o Fluminense permanece na segunda colocação do grupo B, também com sete pontos, dois atrás do Botafogo.

Na próxima rodada o Flamengo viaja até Macaé, onde enfrenta a Cabofriense no domingo, às 16h, no estádio Claudio Moacyr. Já o Fluminense enfrenta o Boavista, seu algoz na semifinal da Taça Guanabara, no sábado, às 18h30 (horário de Brasília), no estádio Engenhão.

O jogo
O clássico começou bastante equilibrado. As duas equipes marcavam forte e permitiam poucos espaços, principalmente no setor de meio campo. A primeira chance da partida foi do Fluminense, logo aos dois minutos de jogo. Conca carregou a bola pelo meio e soltou a bomba da entrada da área, mas o goleiro Felipe espalmou e a zaga afastou o perigo na sequência.

O Flamengo não demorou muito para responder. Aos 11, Thiago Neves puxou contra-ataque pela direita e tocou para Ronaldinho Gaúcho, que dentro da área, cortou a marcação de Diguinho e bateu cruzado. Thiago Neves se esticou, mas a bola saiu raspando a trave esquerda do gol de Ricardo Berna. Na sequência, quase o Fluminense abre o placar em uma falha da defesa do Flamengo. Léo Moura tocou para Welinton, que furou. Emerson roubou a bola, invadiu a área pela ponta esquerda e chutou forte, mas Felipe espalmou bem a bola.

Flamengo domina
Depois da parada técnica, o time comandado por Luxemburgo começou a explorar os espaços deixados pelo Fluminense, principalmente pelos lados do campo. Com Thiago Neves caindo pela direita, Negueba pela esquerda, e Ronaldinho Gaúcho circulando com liberdade, o Flamengo era mais perigoso, mas sentia falta de um homem de área para concluir as oportunidades criadas.

nullE o Flamengo só não foi para os vestiários com a vantagem, graças a duas grandes defesas de Ricardo Berna nos acréscimos do primeiro tempo. Primeiro foi Negueba, que recebeu na entrada da área e chutou colocado, exigindo linda defesa do goleiro do Fluminense, que pouco depois, espalmou uma bomba de Renato para escanteio, garantindo o zero no placar na primeira etapa.

Fluminense volta melhor
As equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, mas o Fluminense evoluiu e ameaçou mais o gol do Flamengo. Aos seis minutos, Mariano cruzou, a zaga do Flamengo afastou e Emerson ficou com o rebote, chutando cruzado. Felipe espalmou e a bola bateu em Conca, mas foi para fora. Dois minutos depois, nova jogada do 'Sheik', que recebeu passe na direita, limpou a marcação de Willians, entrou na área e chutou cruzado. Rafael Moura tentou completar de carrinho, mas não conseguiu alcançar a bola.

Mesmo superior na segunda etapa, o Flu novamente contou com uma boa intervenção de seu goleiro para impedir o gol do Flamengo. Aos 10, Thiago Neves recebeu na direita, cortou para o meio e soltou uma bomba de fora da área. Berna, de mão trocada, fez uma linda defesa.

Luxemburgo e Muricy Ramalho entraram em ação e tentaram mudanças para vencer o clássico. No Fluminense, Emerson foi substituído por Araújo, e Souza entrou na vaga de Marquinhos. Já o Flamengo trocou Negueba pelo atacante Wanderley, reposicionando Ronaldinho Gaúcho no meio-campo.

O Fluminense continuou melhor depois das alterações. Aos 26 minutos da segunda etapa, Souza cobrou escanteio, Felipe cortou e Mariano ficou com o rebote. Após cruzamento rasteiro da direita, Gum bateu de primeira, David desviou de cabeça e a bola bateu na trave.

Luxemburgo ainda tentou mais duas alterações, trocando Renato por Bottinelli e Thiago Neves por Fierro, mas o Flamengo não conseguia mais organizar as jogadas. O Fluminense também não criou mais perigo e o empate acabou sendo justo em um clássico disputado no Engenhão.

FICHA TÉCNICA - FLAMENGO 0 x 0 FLUMINENSE

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: 13 de março de 2011, domingo
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Público: 26.131
Renda: R$ 666.415
Árbitro: Pathrice Maia (RJ)
Assistentes: Ricardo Maurício Ferreira de Almeida e Eduardo de Souza Couto (ambos do RJ)
Cartões Amarelos: Thiago Neves, Ronaldinho, Renato (Flamengo) Emerson, Carlinhos, Diguinho (Fluminense)

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David e Egídio; Maldonado, Willians, Renato (Bottinelli), Thiago Neves (Fierro) e Negueba (Wanderley); Ronaldinho Gaúcho Técnico: Vanderlei Luxemburgo

FLUMINENSE: Ricardo Berna, Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Diogo, Diguinho, Marquinho (Souza) e Conca; Emerson (Araújo) e Rafael Moura Técnico: Muricy Ramalho

Leia tudo sobre: flamengofluminensecampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG