Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Estrela solitária, Neymar lidera revanche de jogo do ano no 1º turno

Flamengo não terá Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves. Já o Santos joga sem Ganso, Elano e Borges

Samir Carvalho, iG Santos |

Flamengo e Santos entram em campo neste domingo, às 18h (de Brasília), no Engenhão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, com vários desfalques de ambos os lados. Neymar será a “estrela solitária” da partida, e terá a missão de comandar o time da Vila Belmiro na revanche contra os cariocas, já que os santistas foram derrotados por 5 a 4 no primeiro turno , em partida que foi considerada a melhor do ano no futebol brasileiro.

Leia também: Neymar exige megasalário para ficar no Santos

Neymar está confirmado para o jogo, e não terá a companhia do atacante Borges, que cumpre suspensão automática. Além do artilheiro da competição, o Santos segue sem contar com Elano e Ganso, atletas considerados de seleção brasileira, e que estão vetados pelo departamento médico.

O Flamengo também não terá seus jogadores de seleção brasileira. Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves estão suspensos e não jogam. No jogo entre Santos e Flamengo no primeiro turno, os dois foram os grandes destaques da partida, ao lado de Neymar, que marcou um “gol de placa” na Vila Belmiro.

AE
Ronaldinho Gaúcho não joga neste domingo
“O Borges faz muita falta para gente. Contra o Palmeiras ele quase não tocou na bola e quando tocou fez o gol. As duas equipes estão desfalcadas, mas é complicado dizer quem perde mais. Eu queria que tivesse todo mundo porque uma vitória valoriza mais”, afirmou o goleiro Rafael.

Veja também: classficação do Brasileiro. Santos é o 11º colocado

Os santistas preferem não assumir a sensação de revanche na derrota por 5 a 4. Na ocasião, o time vencia o Flamengo por 3 a 0 ainda na primeira etapa, mas cedeu a virada em uma noite inspirada de Ronaldinho Gaúcho, que marcou três gols para o time carioca.

”No dia seguinte foi complicado. Só se falava desse jogo. Dava raiva porque a gente perdeu, tomei cinco gols, e nunca tomei tantos num jogo. Mas não tem essa conversa de dar o troco. A gente tem de vencer pra não ter mais risco nenhum”, disse o goleiro.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e comente sobre o jogo contra o Flamengo

 

 

 

 

 

Leia tudo sobre: santosflamengoneymarronaldinhoborgesgansoelano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG