Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Estrela no desembarque, Rafael já pensa em repetir feito de Pelé

Goleiro diz que apenas com Pelé o Santos foi campeão da Libertadores e que título o tornaria ídolo

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Sem as presenças de Neymar e Elano no desembarque, por estarem com a seleção brasileira, Rafael foi a grande atração para os poucos torcedores santistas que compareceram no Aeroporto de Cumbica na tarde desta quinta-feira, após o clube ter conseguido se classificar para a final da Copa Libertadores, ao empatar em 3 a 3 com o Cerro Porteño . Ouvindo frases como “você foi demais ontem”, “esse goleiro fez miséria” e “ainda bem que o Santos tem você”, o goleiro agradeceu o apoio de Muricy Ramalho , da torcida e já pensa em entrar para a história ao lado de Pelé.

Siga o iG Santos no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real 

O goleiro santista comemora o fato de chegar à terceira final na carreira com a camisa do time da Vila Belmiro e diz que, desde que levantou o troféu da Copa do Brasil, ele já pensa em ficar para a galeria de ídolos do time.

“Desde que a gente ganhou a Copa do Brasil no ano passado, a gente pensa nisso. Essa é minha terceira final, estamos trabalhando muito e sempre conversamos para manter o foco. Não vai adiantar nada ser vice, então precisamos ir bem. Só o time do Pelé ganhou a Libertadores e a gente pensa em entrar para história como ele”, disse o goleiro.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

Com apenas 21 anos, o goleiro só pôde ver a história construída pela geração de ouro do Santos por vídeo. Ele reconhece que o futebol da atual equipe não é tão bonito quanto era o daquela época, mas que o importante vai ser levantar a taça.

“Não acompanhei tanto, claro. Mas o que a gente sabe é que eles ganhavam dando show e a gente não tem jogado tão bonito. Mas somos eficientes e isso que é importante. Precisamos ganhar essa final”, completou o goleiro.

O adversário da final ainda não está definido e sai após o confonto desta noite entre Vélez Sarsfield e Peñarol . O certo é que Edu Dracena, que tomou um cartão vermelho , é desfalque. Jonathan deixou o campo na maca, mas ainda precisará passar por reavalição médica para saber se será desfalque.

“O Edu é excelente, é o capitão e vai fazer muita falta. A gente tinha combinado de enrolar no tiro de meta e tomamos o amarelo. Mas o vermelho dele foi direto, então não acho que o nosso combinado tenha mudado tanto”, finalizou.

Leia tudo sobre: SantosCopa Libertadores 2011Rafael

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG