Jorge Luis Pinto foi contratado no início do mês passado e vai estrear em amistoso contra o Brasil

Além de enfrentar um rival tradicional, a Costa Rica conta com um estímulo extra para fazer uma grande apresentação contra o Brasil. No amistoso de sexta-feira em casa, a equipe da América Central terá a estreia de um novo treinador, o colombiano Jorge Luis Pinto, contratado no início do mês passado.

O grupo da seleção brasileira reconhece que a mudança é um ponto positivo para a Costa Rica. "É uma filosofia nova, eles vão querer demonstrar coisas novas, é muito complicado, temos de simplesmente tentar parar a Costa Rica no início para mudarmos o ambiente ao nosso favor", comentou o zagueiro David Luiz, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Se for escalado, o atacante Fred não terá grandes obrigações na marcação como um zagueiro. Ainda assim, ele também demonstra atenção com as ações ofensivas do rival.

"Sabemos que tocam muito a bola, contam com jogadores de velocidade e que vão nos dar muito trabalho. Teremos respeito e cuidado especial", prometeu o artilheiro do Fluminense.

Ao Brasil, a boa notícia é que um dos destaques da Costa Rica, o atacante Bryan Ruiz, do Fulham, da Inglaterra, não estará à disposição do técnico Jorge Luis Pinto. O jogador da Costa Rica foi cortado em função de uma contusão no joelho esquerdo.

"É uma pena, seria melhor para o futebol a presença do Ruiz, mas pensamos que o nosso adversário será forte. Precisaremos de cuidado com todos", advertiu David Luiz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.