Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Estreia com gol nos últimos 10 anos é mau sinal no Palmeiras

Poucos jogadores conseguiram deslanchar após anotaram em seu primeiro jogo pelo clube

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo |

Na noite da última quarta-feira, o lateral direito Artur marcou logo em sua estreia pelo Palmeiras - justamente o gol da vitória do time alviverde sobre o XV de Piracicaba . O ala dividiu os méritos com o volante Marcos Assunção , autor do cruzamento para sua cabeçada certeira, mas se disse "muito feliz" por ter anotado logo em sua primeira partida com a camisa do time alviverde.

VEJA TAMBÉM: Artur celebra boa estreia pelo Palmeiras, mas aceita reserva

No entanto, os jogadores que marcaram em estreias nos últimos 10 anos pelo Palmeiras nem sempre tiveram destinos felizes no clube. Uma das poucas exceções foi Vágner Love (atualmente no Flamengo ), que tornou-se ídolo da torcida em 2003 e 2004. O meia Cleiton Xavier e o atacante Alex Mineiro também saíram com moral. Relembre jogadores que marcaram em estreias pelo time alviverde na última década e veja o que aconteceu com cada um deles:

- Vágner Love: Promovido ao time principal do Palmeiras após excelente passagem pela base do clube, fez sua estreia contra o Brasiliense, no primeiro jogo do alviverde pela Série B-2003. Ele entrou no lugar de Zinho e anotou aos 42min do segundo tempo o gol do empate por 1 a 1 no Distrito Federal. Desandou a marcar gols e foi vendido para o exterior em 2004. Voltou em rápida passagem por empréstimo, em 2009, sem muito sucesso. Ao todo, marcou 54 gols em 78 jogos pela equipe do Palestra Itália.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

- Kahê: Contratado para substituir Vágner Love, vendido para o CSKA, da Rússia, em junho de 2004, o atacante marcou um bonito gol contra o Paraná Clube logo em seu primeiro jogo pelo Palmeiras. No jogo seguinte, contra o Juventude, fez mais três e foi ovacionado pela torcida no Palestra Itália. Mas a fonte secou e Kahê acabou encostado devido ao jejum de gols. Foi emprestado para a Ponte Preta em 2005, fazendo até certo sucesso, e depois foi jogar no exterior. Atualmente, está na Turquia.

Gazeta Press
Kahê comemora seu 3º gol contra o Juventude, em 2004. Ele fez quatro em seus primeiros dois jogos
- Itamar: Pedido do técnico Vanderlei Luxemburgo, o atacante chegou com moral após boas passagens por Iraty-PR e Goiás . Em sua primeira partida pelo Palmeiras, marcou o golaço da virada (e da vitória) sobre o Flamengo (com Júlio César na meta), pela 1ª rodada do Rio-São Paulo (dia 20 de janeiro de 2002, no Palestra Itália). Irregular, não durou muito no time alviverde e acabou emprestado ao São Paulo . Depois, rodou por Coreia do Sul, México e Catar. No momento, está emprestado ao Flamengo.

- Dodô : Após fazer muito sucesso no São Paulo, Santos e Botafogo , o "atacante dos gols bonitos" teve passagem ruim pelo Palmeiras. Mas também deixou seu gol na partida de estreia: em 22 de agosto de 2002, ele anotou o segundo do alviverde na vitória por 3 a 2 sobre o São Caetano , pelo Campeonato Brasileiro. No total, marcou apenas cinco gols pelo Palmeiras e foi embora para o futebol sul-coreano. Ainda teve outras boas passagens por clubes do Rio de Janeiro.

Gazeta Press
Comparado a Leivinha, Marcel ficou na promessa
- Leandro Amaral: Surgiu como grande promessa na Portuguesa , em 1997, e foi parar na Fiorentina, da Itália. Sua passagem pelo Palmeiras foi em 2003, e ele foi mais um a marcar logo na estreia. Foi do atacante o segundo gol palmeirense no triunfo por 2 a 1 sobre o Mogi Mirim, pela 1ª rodada do Campeonato Paulista. Mas, devido a problemas físicos, Leandro Amaral deixou o clube tendo realizado apenas cinco jogos. Rodou bastante até achar seu futebol novamente no Vasco , time pelo qual fez sucesso em 2006/07 e 2008.

- Marcel: Contratado após boas passagens por Paraná Clube e Grêmio , o meia marcou dois em sua estreia pelo Palmeiras, uma vitória por 5 a 3 sobre a Inter de Limeira, pela 1ª rodada do Paulistão-2005. Ao final do jogo, foi comparado pelo então técnico Estavam Soares ao lendário atacante Leivinha, um dos maiores ídolos da história palmeirense. A pressão foi demais e Marcel nunca mais teve uma boa atuação. Foi negociado e passou por vários clubes, chegando até a jogar no Corinthians , em 2008.

- Osmar: Campeão da Copa do Brasil com o Santo André em 2004, o atacante destacou-se nas partidas contra o Palmeiras, nas quartas-de-final. Foi contratado em chegou em meio ao Brasileirão-2004. Logo de cara, estreou marcando dois gol contra o Fluminense , em vitória palestrina por 3 a 2 no dia 12 de agosto de 2004. Não foi uma deceção total, mas ficou longe de ser unanimidade no clube. Foi emprestado para muitos times, mas nunca mais repetiu a boa fase do Santo André.

- Alemão: O promissor atacante chamou a atenção do Palmeiras após realizar ótimo Brasileirão pelo Coritiba . Foi contratado e logo de cara já deixou sua marca contra o São Caetano, no dia 25 de fevereiro de 2005 (vitória alviverde por 2 a 1). No jogo seguinte, um clássico contra o Corinthians, lesionou o joelho com gravidade e nunca mais jogou pelo Palmeiras. Morreu em um acidente de carro no Rio de Janeiro enquanto se recuperava da operação.

- Washington : O atacante teve ótima passagem pela Portuguesa no Paulistão-2005 e acertou com o Palmeiras na mesma temporada. Na estreia, deixou de cabeça (sua marca registrada) um gol na vitória palestrina sobre o Brasiliense: 2 a 1, no Palestra Itália. Até viveu boa fase por um tempo, mas não lembrou em nada o cabeceador mortal do Canindé. Após a passagem pelo Palmeiras, rodou por muitos clubes, sem sucesso. Atualmente, está no ABC , de Natal.

- Maicossuel : O meio-campista era uma revelação com passagens por Atlético Sorocaba, Paraná Clube e Cruzeiro quando chegou ao Palmeiras, em 2008. Em seu primeiro jogo pelo alviverde, marcou na vitória por 3 a 1 contra o Fluminense, pelo turno do Brasileirão-2008. Mas não conseguiu manter o bom nível e acabou negociado com o Botafogo. No Rio de Janeiro, reencontrou seu futebol e virou ídolo da torcida.

- Alex Mineiro: Goleador implacável em seus tempos de Atlético-PR , o centroavante anotou dois em sua estreia pelo Palmeiras: um triunfo por 3 a 1 sobre o Sertãozinho, em 17 de janeiro de 2008, pela 1ª rodada do Paulistão. Foi artilheiro e campeão do torneio, fazendo dois na finalíssima contra a Ponte Preta. Terminou 2008 com 37 gols, mas resolveu partir para o Grêmio após uma pesquisa encomendada por seu empresário revelar que a torcida palmeirense preferia outro jogador com a camisa 9.

- Keirrison : O "K9" era o atacante esperado pela torcida para a vaga de Alex Mineiro. Ele teve início fulminante pelo Palmeiras, marcando dois em sua estreia contra o Mogi Mirim, pelo Paulistão-2009. Acabou a competição como vice-artilheiro, com 13 tentos. Apesar de não ter conquistado títulos, seguiu marcando gols na Libertadores e Brasileirão. Foi negociado com o Barcelona , sendo repassado a vários outros times (internacionais e brasileiros) depois. Atualmente, está emprestado ao Cruzeiro .

Getty Images
Keirrison teve início fulminante no Palmeiras
- Cleiton Xavier: O camisa 10 também deixou o seu na estreia pelo Palmeiras. Em 21 de janeiro de 2009, na 1ª rodada do Paulista, ele marcou na vitória por 1 a 0 sobre o Santo André. Mais que isso: fez cinco gols em seus cinco primeiros jogos pelo clube, igualando o feito dos ídolos palestrinos Humberto Tozzi e Tupãzinho. Também se destacou nas assistências em sua passagem pelo time alviverde, que durou até 2010, quando foi negociado com o Matalist, da Ucrânia.

- Fernandão: Contratado às pressas pelo Palmeiras, não havia nem sido apresentado oficialmente quando marcou seu primeiro gol pelo clube. Ele entrou no clássico contra o Corinthians , pela 19ª rodada do Brasileirão-2011, recebeu lançamento de Marcos Assunção, matou no peito e fuzilou para deixar sua marca na estreia. Porém, não conseguiu manter a média nos jogos seguintes. Atualmente, integra o elenco palmeirense e vive altos e baixos no clube. No Paulistão-2012, tem dois gols marcados.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua torcida virtual

Leia tudo sobre: PalmeirasVágner LoveArtur

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG