Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Estreante Caio pede um Atlético-MG mais marcador contra o Ceará

Segundo meia-atacante, time mineiro erra na marcação e na recomposição quando perde a bola no ataque

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Foram quase 30 dias de espera, mas finalmente chegou o momento da estreia do meia Caio. Apresentado como o 18º reforço do Atlético-MG na temporada 2011, o jogador foi titular no treino tático comandado por Dorival Júnior neste sábado de manhã na Cidade do Galo. Ele entra na equipe no lugar de Magno Alves , que foi titular do ataque atleticano nas sete primeiras partidas da competição e marcou somente na estreia, diante do Atlético-PR .

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Por se tratar de um jogador que atua mais na meia, mas com velocidade, Dorival Júnior deixa claro que o Atlético-MG deve se fechar para enfrentar o Ceará , nesta quarta-feira, e optar pelos contra-ataques para matar o jogo ao escalar Caio. E é assim que o próprio jogador se define. “Minha característica é ajudar muito na marcação e armar o contra-ataque rápido. Se o Dorival optar por mim, vou procurar fazer o meu melhor dentro de campo para ajudar os meus companheiros a saírem com a vitória”.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

nullAcompanhando fora de campo o que seus companheiros estão fazendo, Caio não tem medo de dizer o que complicou o Atlético-MG nas últimas partidas do Brasileiro. Segundo o meia, o time não vence desde maio por conta da marcação e da recomposição. “Acho que nosso time tem muita qualidade, mas o jogo não se ganha apenas com qualidade. É preciso marcar mais forte e se recompor mais rápido. Nosso time está demorando para se recompor. Estamos conversando muito isso e treinamos nesta manhã (sábado). Vamos procurar marcar mais forte e aproveitar os contra-ataques para matar o jogo”.

Para voltar a vencer no Brasileiro, Caio usa o exemplo do Internacional , que veio fechado e matou a partida nos contra-ataques. Com a força que o Ceará tem dentro de casa, o meia-atacante do Atlético-MG acredita que essa fórmula é a melhor para o time ter bom desempenho fora de casa.

“O Ceará é uma equipe forte dentro de seu mando de campo. Vai ter uma pressão da torcida, mas o Atlético é um time grande, que precisa saber jogar como time grande e marcar como time pequeno. O próprio Inter veio para marcar atrás do meio de campo, respeitando o adversário. Temos de respeitar mais o adversário, marcar mais e aproveitar os contra-ataques. Todas as equipes do Brasileiro estão jogando dessa forma e também temos de jogar assim”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Caio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG