No dia em que completa 23 anos, exame confirma lesão na coxa do atacante, que ficará dez dias parado

A quarta-feira era para ser apenas de festa para Tartá . Mas no dia em que completa 23 anos de idade, o meia-atacante ganhou um presente de grego. Após se chocar com o goleiro Jeferson no momento do quinto gol da goleada de 5 a 1 do Fluminense sobre o Americano , domingo passado, pela Taça Rio, o jogador foi submetido a um exame de imagem que acusou um estiramento grau um no músculo adutor da coxa esquerda que vai deixá-lo fora de combate por dez dias.

Já a boa notícia ficou por conta de Carlinhos , que sofreu uma forte torção no joelho esquerdo e não entra em campo desde a partida contra o América-MEX, no Engenhão, pela Libertadores. O lateral-esquerdo está entregue à preparação física, treinou normalmente nesta quarta-feira e a expectativa é que ele tenha condições de jogo na fase semifinal da Taça Rio, caso o time se classifique no próximo domingo.

Machucado desde o dia 22 de fevereiro, Rodriguinho vem surpreendendo o departamento médico do Fluminense. Após sofrer uma séria torção no joelho direito, a previsão é que o atacante ficasse longe dos gramados por três meses, mas a assessoria de imprensa do clube informou que o atacante deverá ser entregue à preparação física nos próximos dias.

Já os zagueiros Digão , com estiramento grau dois no músculo posterior da coxa direita, e Leandro Euzébio , submetido a uma artroscopia no joelho direito, continuam em tratamento e ainda não tem previsão de volta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.