Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Estafado, técnico do Schalke pede demissão após sete meses

Ralf Rangnick assumiu o clube em março, mas apresentou uma síndrome de esgotamento e pediu uma pausa

Gazeta |

O técnico Ralf Rangnick informou à diretoria do Schalke 04 que precisa de uma pausa. Seu pedido foi atendido e demissão, concretizada. Nesta quinta-feira, a informação foi divulgada por meio de uma nota oficial. Em março, ele substituiu o experiente Felix Magath e levou o time à semifinal da Liga dos Campeões da Europa .

"Devido a uma síndrome de esgotamento, o treinador precisa de força e energia necessárias para continuar dirigindo a equipe", declarou o clube bávaro. "Depois de um longo período de reflexão madura, cheguei à conclusão de que necessito de uma pausa", acrescentou Rangnick.

O gestor do Schalke, Horst Held, garantiu que respeita a decisão do treinador e acredita que a saúde deve se sobrepor às questões profissionais. O médico do clube, Thorsten Rarreck, conta como estava a situação do alemão de 53 anos.

"A preocupação é com a saúde dele. Ele disse ao time que sofre com uma síndrome de fatiga. Fisicamente, ele estava nas cordas. O período no Hoffenheim custou-lhe muita força. Estava claro que ele precisava de uma pausa. Os sintomas não apareceram outro dia. Não foi uma decisão fácil, mas é pelo bem da sua saúde e pela segurança do Schalke. Nas suas condições, ele não pode mais ajudar o clube", resumiu.

AP
Treinador que levou clube a campanha histórica apresentou forte estafa e se demitiu

Leia tudo sobre: futebol mundialalemanhaschalke 04ralf rangnick

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG