Tamanho do texto

Ex-árbitro foi baleado em tentativa de assalto e submetido a cirurgia para drenagem no tórax. Projétil segue alojado no pescoço

Reprodução/Milton Neves
Ex-árbitro Oscar Godói, que foi baleado em uma tentativa de assalto na noite de quarta-feira
Boletim médico divulgado às 9h pelo HC (Hospital das Clinicas) confirmou que o estado de saúde do ex-árbitro Oscar Roberto Godói é grave. Godói foi baleado durante tentativa de assalto na noite de quarta-feira e passou por cirurgia para drenagem no tórax e controle de sangramento.

Godói teve um pulmão perfurado por uma bala. Outra se alojou na região cervical, próximo à coluna, mas sem lesionar a medula. A operação, que não extraiu o projétil, começou à 1h45 e terminou às 3h50. Às 6h, o paciente foi levado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde se encontra sedado e sob observação.

O ex-árbitro, de 55 anos, levou três tiros, um no tórax, um no pescoço e outro de raspão na barriga, após ser abordado por um homem ao estacionar seu carro na altura do nº 531 da rua Diana, no bairro de Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo.

Investigadores do 23º Distrito Policial, onde o caso foi registrado, disseram que câmeras de um prédio vizinho gravaram as imagens da tentativa de assalto. O vídeo mostra que Godói lutou com o criminoso e os dois caíram no chão, quando ocorreram os disparos. Nada foi levado pelo bandido, que está foragido.

Carro de Godoi praticamente intacto após tentativa de assalto. Nada foi levado, de acordo com policiais
Futura Press
Carro de Godoi praticamente intacto após tentativa de assalto. Nada foi levado, de acordo com policiais