Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Estádio corintiano tem 10,65% das obras concluídas após três meses

Levantamento da Odebrecht foi fechado nesta segunda, após três meses e 13 dias do início das obras

Gazeta |

A construção do estádio do Corinthians , em Itaquera, segue em ritmo acelerado, de acordo com a Odebrecht. Do pontapé inicial no terreno, em 30 de maio, até aqui, houve evolução de 10,65% das obras, conforme levantamento da construtora concluído nesta segunda-feira. O estádio é o candidato de São Paulo para receber a abertura da Copa de 2014 .

Veja as imagens do estádio corintiano quando as obras completaram três meses

Passados exatos três meses e 13 dias, os trabalhos realizados, com agilidade elogiada recentemente em visita do comitê da Fifa , são de terraplanagem e fundação (colocação de estacas e blocos de apoio sobre os quais ficam os pilares de sustentação das arquibancadas). Neste momento, 430 funcionários operam um maquinário de 115 equipamentos no local.

Veja mais notícias sobre a Copa de 2014

Tendo aval da entidade máxima do futebol para entregar a obra em fevereiro de 2014, quatro meses antes do início da Copa do Mundo no Brasil, a Odebrecht tem adotado esse prazo como oficial. Ainda assim, a construtora espera que a conclusão se dê em dezembro do ano anterior. O cronograma oficial, contudo, prevê o estádio 100% pronto somente em julho de 2014, durante a Copa, conforme informou o iG .

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, visitou o terreno e garantiu que o andamento das obras está 43 dias  adiantado em relação ao Ele tem repetido constantemente que o estádio estará finalizado bem antes, em setembro de 2013.

null

O orçamento total para a construção do estádio é de R$ 820 milhões - R$ 400 milhões serão levantados com empréstimo do BNDES, sendo o restante proveniente dos incentivos fiscais concedidos pela prefeitura de São Paulo. Caso esses recursos não sejam suficientes para o preço final, outra fonte seria a antecipação de receitas, como às associadas a patrocínio.

Nesse montante, não é considerada a instalação da arquibancada provisória de 20 mil lugares (necessária para expandir a capacidade para 68 mil lugares e possibilitar que o estádio receba o jogo de abertura da Copa). Os assentos temporários serão arcados pelo governo estadual e custarão menos do que o valor divulgado. Como o iG apurou, ao contrário de R$ 70 milhões, as arquibancadas sairão por R$ 46 milhões .

 

Leia tudo sobre: corinthiansitaqueraodebrechtcopa 2014

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG