Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Está bom, mas ainda é pouco", diz Danilo sobre o Palmeiras

Zagueiro comemora liderança e boa fase da defesa, mas pede títulos para que time seja reconhecido

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

De saída para a Udinese no meio do ano, Danilo pretende deixar seu nome marcado na história do Palmeiras. Para isso, o zagueiro diz estar 100% concentrado em levantar a taça da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista. Já pensando em atingir sua meta, o jogador afirma que o bom ambiente do clube é digno de comemoração, mas que ainda falta muito para que o time atinja o patamar que ele julga normal para um clube grande.

Para ele, a liderança do Paulistão e o status de melhor defesa do Brasil não suficientes para que o clima de oba-oba tome conta do grupo e seja festejado, principalmente depois do péssimo fim da temporada passada.

“O complicado foi o começo do Paulistão, com a pressão. Mas aí conseguimos uma arrancada boa. Você sabe que em todo time grande tem a pressão, mas a partir do momento que o time joga bem, que começa a ganhar, ganha confiança. Se os jogadores daqui estão no Palmeiras, é porque eles têm os méritos. Nosso momento é bom, mas ainda é muito pouco. Queremos chegar na final do Paulista, da Copa do Brasil e ganhar. Isso que a gente tem é muito pouco para a grandeza do Palmeiras”, salientou o camisa 23.

Danilo também fez discurso semelhante ao de Kleber. Na saída para os vestiários após a vitória contra o Santos, o atacante reclamou da imprensa pela falta de valorização do elenco palmeirense e disse que a festa sempre acontece com os outros times.

A diferença é que o zagueiro comemora a saída dos holofotes e reconhece que a falta da chegada de nomes de peso aumentam a valorização dos rivais.

“A gente tem um conjunto igual aos outros. Temos jogadores acima da média também: Valdivia, que disputou Copa, o Kleber, que já tem o nome especulado na seleção e acho que ele merece uma chance, e o Marcos, por exemplo. Temos jogadores de alto nível e nosso conjunto é bom, é igual. Aqui não tem oba-oba, não tem nada disso”, afirmou o zagueiro.

“Até pelos reforços das outras equipes, as pessoas deixaram o Palmeiras de lado. Mas isso foi bom. A gente vivia ano passado tumultuado, que tinha eleição, fomos desclassificados pelo Goiás, e não era um momento de elogios. Mas a gente ter ficado de lado foi bom para a gente. O Felipão teve tranquilidade, teve paciência para encaixar o time. Hoje temos um conjunto muito forte”, finalizou.

Acompanhe abaixo trechos da entrevista do zagueiro Danilo:

null

Leia tudo sobre: palmeirasdanilocampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG