Meia havia pedido licença da seleção alegando necessidade de se concentrar apenas no seu clube, o Chelsea

selo

O meio-campista Michel Essien anunciou, em seu site oficial, que voltará a defender a seleção de Gana após quinze meses afastado da equipe. O jogador, porém, não irá participar do amistoso contra a Inglaterra, em Wembley, no mês que vem.

O ganês havia pedido licença da seleção nacional alegando necessidade de se concentrar apenas no seu clube, o Chelsea , da Inglaterra. Ele, porém, fez questão de destacar que os boatos de que voltaria ao time contra a Inglaterra são mentirosos.

Essien preferiu não apontar datas para seu retorno, que também não se dará contra o Congo, em 27 de março, pelas eliminatórias da Copa das Nações Africanas.

"Quando eu decidi que pararia, eu sabia que alguns ganenses ficariam desapontados, mas senti que naquele momento era a melhor decisão depois de duas lesões horrorosas", afirmou o jogador.

O volante sofreu uma séria lesão no ligamento cruzado do joelho em um jogo contra a Líbia, em setembro de 2008, parando por seis meses. Depois, lesionou o joelho na Copa das Nações Africanas e perdeu a Copa do Mundo da África do Sul.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.