Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Esquema ofensivo de Caio Jr. não preocupa defesa do Botafogo

Zagueiro Antônio Carlos acredita que o time carioca pode jogar atacando, mas pede ajuda na marcação

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Desde que chegou ao Botafogo, o técnico Caio Júnior tem repetido o discurso de que gostaria de ver a equipe jogando para frente, buscando o ataque constantemente. Nos treinamentos, trocas de passes, jogadas ensaiadas e pressão do ataque na defesa tem sido repetidos exaustivamente. Porém, o esquema pode deixar a defesa mais vulnerável. Mesmo assim, o zagueiro Antônio Carlos não mostra preocupação e aceita o desafio.

"O que muda é que vamos ter que ter a ajuda dos laterais ali atrás. Nas últimas partidas, três jogadores ficam mais presos na defesa. Eu, Márcio Rosário e o Rodrigo Mancha. Com a ajuda de todos, dá para o time ficar com a bola lá na frente e fazer gols. É uma maneira nova de jogar, espero que todos possam se adaptar rapidamente", declarou Antônio Carlos.

No treinamento deste sábado, na véspera da partida contra Resende, o treinador abandonou o tradicional 'rachão' e realizou um treino tático, orientando o posicionamento dos jogadores. Para Antônio Carlos, as orientações são importantes no começo de trabalho.

"O Caio Júnior trabalha muito dentro de campo, deu para notar isso na sua chegada. Tem um posicionamento específico, acho legal. Trabalhando isso no dia a dia pode fazer grande diferença. Com o passar do tempo, ele vai ficar mais à vontade. Jogando bem e ganhando terá tranquilidade para comandar. Espero que dentro de casa o mando de campo prevaleça e que a gente possa fazer uma grande partida", finalizou o zagueiro.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG