Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Esposa de Cabañas recusa acordo com time

Ex-atacante do América e do Paraguai recebeu um tiro na cabeça em janeiro em uma casa noturna no México

AE |

O América do México propôs doar para seu ex-jogador Salvador Cabañas o dinheiro arrecadado em uma partida amistosa a ser disputada em alguma cidade dos Estados Unidos, mas a ideia foi rechaçada pela esposa do jogador paraguaio, María Lorgia Alonzo.

"Não aceitamos nada do América porque existe um contrato vigente até 2012, mas prefiro que nossos advogados deem explicações", disse a mulher de Cabañas. Gerardo Acosta, um dos advogados, confirmou que "a proposta do América não foi aceita pela esposa do jogador, mas essa é uma negociação entre o clube e ela".

"Os advogados apresentamos na Suíça na Corte Arbitral do Esporte (CAS) a denúncia contra o América por uma dívida de pouco mais de US$ 2 milhões correspondente a salários atrasados e outros benefícios contemplados no contrato", completou. Acosta especificou que "existe um acordo de confidencialidade com a CAS para não divulgar o conteúdo da denuncia, por isso não posso dar maiores detalhes".

Cabañas, de 30 anos, retornou na segunda-feira de Buenos Aires para a Cidade do México após realizar parte do tratamento para recuperar suas capacidades físicas e cognitivas. O ex-atacante do América e da seleção paraguaia recebeu um tiro na cabeça em janeiro em uma casa noturna da capital mexicana. O projétil segue alojado no crânio.

Leia tudo sobre: CabañasParaguaiMéxico

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG