Além de ter que esperar seu julgamento no STJD, zagueiro ainda recebeu

Enquanto aguarda seu julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, o zagueiro Cris teve mais uma má notícia: deve desfalcar o Paraná Clube de qualquer forma diante do Goiás , pela Série B do Campeonato Brasileiro 2011 , já que voltou a sentir uma lesão e foi vetado pelo departamento médico do clube.

Em relação ao julgamento, o atleta poderá ter confirmada a pena de seis partidas de suspensão por conta de sua expulsão diante do ASA de Arapiraca, no dia 09 de julho. O defensor foi punido com pena máxima no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que trata de jogada violenta, mas conseguiu um efeito suspensivo.

Porém, seu principal adversário do momento é a panturrilha. De volta aos treinos, Cris sentiu novamente a contusão e lamentou ficar de fora em uma fase delicada da equipe. "É uma sensação muito ruim, pois achei que já poderia treinar normal nesta semana e estar à disposição para o jogo de sábado. Agora volto a tratar e vamos ver se com uma nova avaliação poderei estar em campo", afirmou.

Sem poder se dedicar em campo, o zagueiro fará seus esforços para acelerar sua recuperação. "Vou trabalhar agora com os fisioterapeutas e me dedicar ao máximo para poder melhorar o quanto antes e voltar aos treinos. Acompanhar os jogos e não poder ajudar dá uma sensação ruim. Queria estar em campo, fazendo alguma coisa, mas já que a lesão aconteceu, vou tratar e voltar o quanto antes", concluiu.

Garroni fica a disposição
Na tarde desta quarta-feira, o volante Everton Garroni foi julgado por sua expulsão na partida contra a Portuguesa, em São Paulo, e absolvido pelo STJD. Com o resultado, o jogador é um problema a menos para o técnico Guilherme Macuglia, que assume a equipe paranista para a sequência da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.