Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Espanha espanta 'fantasma de 94' e goleia EUA em Boston

O próximo amistoso dos espanhois é contra a Venezuela na próxima terça feira. Já os americanos encaram o Canadá

Gazeta Esportiva |

De volta à cidade em que foi eliminada da Copa de 94, a Espanha mostrou a sua evolução dos últimos anos. Jogando como atual campeã mundial, o clube goleou os Estados Unidos por 4 a 0 com autoridade, no Gilette Stadium, em Boston. Os gols foram marcados por Cazorla, duas vezes, Negredo e Fernando Torres.

Agora, os espanhois viajam até a Venezuela, onde enfrentam na próxima terça-feira a Venezuela, na cidade de Puerto La Cruz, enquanto os americanos recebem o Canadá, dessa vez em Detroit.

O Jogo - Os espanhóis tiveram desde o início o tradicional toque de bola como seu grande carro-chefe. Com passes curtos, a cada instante os visitantes apareciam frente a frente com Howard, que teve muito trabalho.

Na primeira chance, Sergio Ramos tabelou com Cazorla e bateu rasteiro, à direita da trave. Logo depois, Silva marcou, mas o juiz marcou impedimento equivocado de Arbeloa no lance. Negredo e Villa também chegaram com bastante perigo, em remates que passaram raspando a trave americana.

E não demorou para o placar ser inaugurado. Xabi Alonso acertou linda enfiada para Silva, que passou para Cazorla chutar firme e marcar o primeiro, aos 28. Quatro minutos mais tarde, mais uma bela bola de Xabi, dessa vez para Negredo, que ajeitou e bateu e fez o segundo.

Depois, Silva deu lindo corte dentro da área e viu Howard defender seu chute. Rogers ainda perdeu chance após falha de Piqué, mas que voltou a balançar as redes foi a Fúria. Silva tenta o passe para Villa, que não alcança e vê a bola sobra para Cazorla colocar com classe no canto, marcando o seu segundo no jogo.

Na segunda etapa, todos pareciam estar dispostos a ajudar um jogador: Fernando Torres. O centroavante, que vive péssima fase desde que se transferiu do Liverpool para o Chelsea, da Inglaterra, esteve perto de marcar em duas oportunidades. Aos nove ele não alcançou cruzamento, e aos 20 acertou a trave.

Aos 28, porém, não teve jeito. Após boa jogada de Borja Valero, 'El Niño' dominou e bateu rasteiro. A bola ainda tocou na trave antes de morrer no fundo do gol de Howard, selando o 4 a 0.

Leia tudo sobre: futebol mundialamistosoespanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG