Jogadores admitem desconhecimento em relação ao rival da estreia e Carpegiani saca atletas fora de forma

No primeiro jogo do ano, o São Paulo vai enfrentar um adversário misterioso. Misterioso, pelo menos, até a preleção do técnico Paulo César Carpegiani. Nos dias que antecederam a partida, os jogadores do clube do Morumbi admitiram não ter muitas informações a respeito do Mogi Mirim, adversário deste domingo no interior. E esperavam receber essas informações poucos instantes antes do apito inicial.

Questionados sobre o que conhecem do adversário, a maioria dos são-paulinos apenas sabia da presença do meia Rivaldo. No entanto, o presidente-jogador do Mogi ainda não teve sua situação regularizada e está fora do jogo. Outro fator bastante valorizado pelos jogadores do São Paulo foi o maior tempo que o adversário teve de pré-temporada, o que pode beneficiar o preparo físico de seus atletas.

“Sabemos que o Mogi vem treinando já há bastante tempo, que é a única competição que eles tem. A gente sabe que não vai ser jogo fácil. Mas ele [Carpegiani] está mais preocupado com a nossa equipe, em corrigir os erros que a gente sabe que ainda está cometendo. Creio que na preleção antes do jogo ele vai falar sobre o Mogi”, disse o zagueiro Alex Silva.

“Com certeza vão estar mais preparados fisicamente, mas nós vamos procurar com a experiência e categoria fazer um bom jogo e aguentar os 90 minutos”, completou o meia Marcelinho Paraíba, que começará no banco o primeiro jogo depois de voltar do empréstimo ao Sport.

Em relação à escalação de seu time, o Carpegiani deixou claro desde o começo da pré-temporada que o fator físico seria fundamental para definir os titulares nas primeiras partidas do ano. E essa decisão, logo de cara, já “vetou” jogadores que terminaram 2010 como titulares absolutos.

As principais “vítimas” do mau preparo físico foram os atacantes Dagoberto e Fernandão. Enquando o primeiro começará a partida na reserva, o segundo sequer foi relacionado e nem viajou com o grupo para Mogi Mirim. Carpegiani também não poderá contar com Marlos, já que o meia, assim como Rivaldo, não tem a situação regularizada por pertencer a um clube uruguaio.

Atacante Mazola será titular do São Paulo na estreia no Paulistão
Vipcomm
Atacante Mazola será titular do São Paulo na estreia no Paulistão

Com todos esses problemas, Carpegiani dará a primeira chance ao atacante Mazola, que no ano passado estava no Guarani e, assim como Marcelinho, voltou de empréstimo. Por fim, outra novidade do São Paulo no jogo será a estreia do lateral-esquerdo Juan, principal reforço contratado pelo clube para 2011 até agora.

No Mogi Mirim, sem poder contar com Rivaldo e Denílson, que ainda não tiveram suas situações totalmente regularizadas, o técnico Antônio Carlos Zago deve optar pela entrada de Rodrigo Ost no meio de campo e de Roberto Jacaré no ataque.

FICHA TÉCNICA - MOGI MIRIM x SÃO PAULO

Local : estádio Romildo Victor Gomes Ferreira, em Mogi Mirim (SP)
Data:  16 de janeiro de 2011, domingo

Horário:
 17h (de Brasília) 

Árbitro : Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes : Daniel Paulo Ziolli e Maria Eliza Correia Barbosa (ambos de SP)

MOGI MIRIM : João Paulo; Niel, Thiago Alves, Audálio, e João Paulo; Val, Baraka, Paulo Isidoro e Rodrigo Ost; Ricardinho e Roberto Jacaré
Técnico: Antônio Carlos Zago

SÃO PAULO : Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Juan; Cleber Santana, Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba e Ilsinho; Fernandinho e Mazola
Técnico: Paulo César Carpegiani

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.