Seleção tem reforços na defesa, mas seu principal jogador do ataque está lesionado

O técnico Jorge Luis Pinto resolveu encerrar o mistério e anunciar a escalação da Costa Rica para o jogo contra a seleção brasileira , nesta sexta-feira à noite, no estádio Nacional de San José. A defesa será o setor mais reforçado, pois Roy Miller e Michael Barrantes foram confirmados, embora tenham se apresentado por último.

Em compensação, o ataque é a grande preocupação. Principal nome do setor na Costa Rica, Bryan Ruiz, do Fulham, da Inglaterra, foi vetado em função de uma contusão no joelho esquerdo.

Estreia de novo técnico da Costa Rica deixa brasileiros em alerta

No jogo contra o Brasil, Jorge Luis Pinto realiza a sua estreia pela Costa Rica. O elenco aprovou o contato inicial com o treinador colombiano, contratado no início do mês passado.

"Tivemos uma conversa para nos conhecermos, falamos sobre o estilo de trabalho, já que nunca havíamos trabalhado juntos", afirmou o meio-campista Barrantes.

A Costa Rica entra em campo diante do Brasil com a seguinte formação: Navas; Mora, Umaña, Miller e Diaz; Azofeida, Barrantes, Bolaños e Oviedo; Saborío e Parks.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.