Atleta se emociona ao falar sobre o assunto, e clube alega problemas financeiros para manter o projeto

O presidente do Santos , Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, levou a atacante Érika à sala de imprensa da Vila Belmiro para explicar o fim do futebol feminino do clube. A atleta, que chorou ao falar sobre o assunto, pediu ajuda para as ex-companheiras de time e anunciou que jogará no futebol sul-coreano.

Veja também: Presidente usa Neymar para rebaixar Ganso e aceita vender o meia

“Temos que lamentar por isso. É complicado, são outras meninas que não vão permanecer aqui. E as meninas que ficam, como vão ficar? O Santos começou com o Kleiton Lima, mas não sei como ajudar agora porque eu estou tentando fazer o meu papel e vou para um lugar complicado de ir que é a Coréia. Vou tentar fazer o meu pé de meia”, afirmou a jogadora.

Leia também: Dívida do Porto com o Santos pode adiar saída de Danilo

Já Luís Álvaro atribuiu o fim do time feminino, sobretudo, ao ‘fico de Neymar’, projeto que mantém o camisa 11 até 2014 no clube. O reajuste financeiro para manter o craque refletiu na equipe feminina, que também enfrentava dificuldades para conseguir patrocinadores para a categoria.

"A manutenção do Neymar tem um custo. Todo o time do Santos, à medida que ganhou títulos, encareceu, provocou um reajuste na folha. Chega um momento em que é insuportável não reduzir os custos. Para mim, é muito complicada a decisão, que pode resultar em coisas interessantes", explicou.

Leia ainda: Presidente do Santos ironiza chinês no Corinthians

Érika foi a responsável do elenco santista por tentar convencer o presidente Luís Álvaro de Oliveira a continuar com o projeto, iniciado pelo ex-presidente Marcelo Teixeira e o ex-treinador santista Kleiton Lima.

“Tive a cara de pau de ligar para o presidente e saber o que estava acontecendo. Precisava passar para as meninas. Tenho o prazer de ir para a Coréia. Eu não precisava estar pedindo tudo isso, mas é meu. Preciso agradecer ao presidente e ao Santos, que deram a oportunidade ao futebol feminino”, disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.