“Pantera Negra” conduziu Portugal em sua melhor campanha em Copas do Mundo, batendo o Brasil de Pelé em 1966

O maior nome da história do futebol português completa 70 anos nesta quarta-feira, 25 de janeiro. Nascido em Moçambique, território português na África em 1942, quando nasceu, Eusébio da Silva Ferreira está na lista dos melhores do mundo de todos os tempos, tendo conduzido a seleção portuguesa em sua melhor campanha na história das Copas, além de levar o Benfica a várias conquistas na década de 60.

Em 1966, na Copa do Mundo da Inglaterra, Eusébio foi o artilheiro da competição, com nove gols. A seleção portuguesa venceu o Brasil, então bicampeão mundial, em uma violenta partida, da qual Pelé saiu contundido para não mais jogar naquela Copa. Portugal só parou na semifinal, derrotada pelos donos da casa. Na decisão do terceiro lugar, bateu a União Soviética.

Pelo Benfica, conquistou a Copa dos Campeões da Europa em 1962, tendo ajudado a equipe a chegar a outras três decisões continentais na mesma década. Eusébio jogou pelo clube no Maracanã no mundial de clubes daquele ano, vencido pelo Santos. Pelo Benfica, os números de Eusébio são impressionantes, com 638 gols em 614 partidas oficiais, além dos 11 títulos portugueses e das boas campanhas nas edições da Copa dos Campeões, numa grande época para ele e para o clube.

Craque português comemora 70 anos nesta quarta-feira
Agência O Globo
Craque português comemora 70 anos nesta quarta-feira

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, enviou uma carta à Federação Portuguesa de Futebol, para celebrar os 70 anos do craque. “Costuma dizer-se que os verdadeiros grandes do futebol seriam capazes de jogar em qualquer época. O Eusébio pertence a esse grupo e sem dúvida de que, hoje, estaria ao lado de Cristiano Ronaldo no Campeonato do Mundo ou a competir com Lionel Messi para ser o melhor jogador na Liga dos Campeões”, disse Blatter, citado no site da Fifa em português.

Nos últimos meses o craque português vem enfrentando problemas de saúde. Esteve internado em dezembro , no Hospital da Luz, em Portugal, acometido por uma pneumonia dupla. Recebeu alta em 31 de dezembro, mas em 4 de janeiro já estava hospitalizado novamente , com dores nas costas.

Nesta quarta-feira, foi divulgado um vídeo da Federação Portuguesa de Futebol com os parabéns de várias pessoas do mundo do futebol, entre eles Joseph Blatter, Luís Figo e Michel Platini. Uma pequena lembrança para o grande jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.