Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Empréstimo de Zé Eduardo ao Santos pode ser definido nesta sexta

Clubes aguardam a emissão do passaporte italiano do jogador. Se isso não acontecer, ele volta por empréstimo

Gazeta |

O atacante Zé Eduardo, vendido ao Genoa (Itália), deve definir até essa sexta-feira se será utilizado pelo seu novo time ainda nesta temporada ou se irá retornar por empréstimo ao Brasil, para defender o Santos até o final da participação do clube na Copa Libertadores da América. Segundo o empresário do jogador, Luiz Taveira, os italianos querem resolver logo essa questão, até porque a janela de transferências europeias fecha novamente ao término deste mês.

Como Zé Eduardo já fez exames médicos no Genoa e assinou contrato de quatro anos e meio com os italianos, a equipe da Velha Bota aguarda a emissão do passaporte italiano do atleta, para utilizá-lo ainda nesta temporada. Caso contrário, Zé Eduardo seria considerado um jogador extra-comunitário e, como o Genoa estourou a sua cota de atletas nessa condição, o jeito seria emprestá-lo até o meio do ano.

E o que deixa os santistas mais esperançosos de contar com o meia-atacante é que, no destrato feito entre o Peixe e o Genoa, ficou acertado que Zé Eduardo só poderá ser emprestado neste período ao Alvinegro Praiano, rechaçando desta forma o possível interesse de Internacional e São Paulo na sua contratação.

"Estamos aguardando nesta sexta para ver se o passaporte do Zé sai. Se isso não acontecer, os dois clubes devem conversar para que ele seja emprestado ao Santos. Essa cláusula consta no acerto entre os dois times. Se ele voltar ao Brasil, será ao Santos", afirmou Taveira, em entrevista à Rádio Cultura.

Sendo assim, a ordem no momento dentro do Peixe é aguardar o desfecho referente a emissão ou não do passaporte de Zé Eduardo. "Vamos esperar. O Zé hoje é jogador do Genoa, só que aguardamos a possível saída do passaporte dele. Se isso acontecer, ele ficará direto na Europa. Se não, a chance de voltar ao Brasil é muito grande, principalmente ao Santos", comentou o gerente de futebol, Nei Pandolfo.

Leia tudo sobre: zé eduardosantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG