O clube paulista havia tentado repatriar o jogador em janeiro, mas o Qatar SC não liberou o atleta

O meia Marcinho não reforçará o Corinthians, como pretendia o presidente Andrés Sanchez. Via Twitter, o empresário Giuseppe Dioguardi anunciou que o jogador prorrogará seu contrato com o Qatar Sports Club - o vínculo atual vencerá em maio. 

"O meia-atacante Marcinho não voltará ao Brasil. O atleta está renovando seu contrato com o Qatar SC por mais quatro anos", informou Dioguardi.

O Corinthians havia tentado repatriar Marcinho já em janeiro, mas o Qatar SC não liberou o atleta. O clube se dispôs a desembolsar uma volumosa quantia para demovê-lo da ideia de retornar ao futebol brasileiro.

O técnico Tite observou Marcinho quando estava no Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos. O meia tem 26 anos e foi revelado pelo Cruzeiro. Ainda passou por Grêmio, Genclerbirligi (Turquia), Atlético-MG, Flamengo e Al-Jazira (Emirados Árabes Unidos).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.