Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Empresário de Tite se surpreende com ultimato dado por Andrés

Para Gilmar Veloz, negociação para renovar contrato do técnico está transcorrendo normalmente

Gazeta |

Gazeta Press
Tite foi o 3º colocado no prêmio de melhor técnico do Brasileirão 2011
As declarações do presidente do Corinthians , Andrés Sanchez, afirmando que a negociação para renovar o contrato do técnico Tite se complicou e dizendo que definiria esta situação até sexta-feira, surpreenderam o empresário do treinador, Gilmar Veloz. Segundo o agente, as tratativas para assinar um novo vínculo estavam sendo feitas normalmente com o diretor de futebol corintiano, Roberto de Andrade.

Leia também: Renovação de Tite com o Corinthians emperra e Andrés dá ultimato

"Estou sendo pego de surpresa pela informação de que o Andrés deu um ultimato até sexta. O Tite está viajando e ainda não entrei em contato com ele. Na hora em que me ligar ele vai dizer o que pensa sobre a situação. Eu venho conversando com o Roberto nos últimos dias. Não tem como criar nenhum prazo (para terminar a negociação) enquanto o Tite não me ligar", explicou Veloz, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN.

E mais: Adriano rejeita ofertas “tentadoras” e inicia exercícios nas férias

Em entrevista ao Sportv na noite da última segunda-feira, Andrés Sanchez afirmou que Tite estaria pedindo um salário de R$ 800 mil mensais através de seu procurador e chegou a insinuar que Veloz poderia emperrar a negociação. Sem querer falar em números, o empresário rebateu as declarações do mandatário.

Confira também: Atacante Gilsinho assina contrato de um ano com o Corinthians

"Me surpreende o Andrés dizer isso porque eu trabalho há 30 anos e sou profissional. Jamais falaria qualquer coisa sem ser autorizado pelo meu cliente, mas está bom, não tenho problema nenhum com ele", disse Veloz. Mesmo com as declarações de Andrés, o diretor de futebol Roberto de Andrade garantiu que nada mudou no andamento das negociações.

"Não acho que complicou não. É uma negociação, então um lado pede mais e o outro tenta baixar. O empresário dele realmente pediu um pouco a mais do que esperamos pagar, não porque o treinador não merece, mas é que está acima das nossas condições. Mas estamos negociando. O Tite está fora do Brasil está viajando com a família dele, então o empresário vai entrar em contato para saber a posição do Tite", disse Andrade à Rádio Bandeirantes. Ele assume interinamente o cargo de presidente do clube na quinta-feira, quando Andrés pedirá licença.

Leia tudo sobre: corinthianstiteandréscontratorenovação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG