Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Emocionado, Muricy diz que merecia o título: “Estava engasgado”

Treinador lembrou os fracassos que teve na Libertadores ao falar da conquista pelo Santos

Samir Carvalho, iG São Paulo |

O técnico Muricy Ramalho estava bastante emocionado após a conquista da Copa Libertadores da América, diante do Peñarol nesta quarta-feira, no estádio do Pacaembu. O treinador do Santos lembrou os fracassos que teve na competição continental, e declarou que apesar da qualidade do elenco santista, ele também mereceu muito o título da Libertadores.

Baixe o pôster do Santos campeão da Copa Libertadores 2011

“Eu acho que o Santos mereceu o título porque tem jogadores diferentes. Tem uma diretoria legal, que acreditou no meu trabalho. Mas eu acho que eu merecia esse título. Estava engasgado. Todos os técnicos que já ganharam mereceram, mas eu também merecia. Estava brigando muito por isso. Tomei porrada, mas chegou minha vez, estou feliz”, afirmou Muricy.

null

O treinador revelou que sofreu calado diversas vezes por causa das cobranças por não possuir no currículo o título da competição continental. “Não adiantava os títulos que eu ganhava, a cobrança era sempre a mesma, sobre a Libertadores”, disse o técnico santista, que conquistou quatro títulos brasileiros na carreira – três pelo São Paulo e um pelo Fluminense.

Entre para a torcida virtual do Santos e convide os seus amigos

Milton Trajano
Pelé e Muricy foram muito aplaudidos
Muricy Ramalho também provocou alguns dirigentes do São Paulo, pelo qual chegou à decisão da Libertadores em 2006 e perdeu o título ao ser derrotado para o Internacional. Também pelo time do Morumbi, ele disputou sem sucesso as Libertadores de 2007, 2008 e 2009.

“De ontem para hoje foi difícil demais. Eu durmo muito bem, mas na hora que eu acordo vem todas essas imagens. Cheguei perto com o São Paulo, mas não consegui. Às vezes as pessoas do próprio lugar apontam a gente como errado para justificar o erro deles. Eu preciso ganhar, pois se não ganhar, estou morto. Todos mereciam ganhar, mas eu merecia esse título mesmo”, concluiu.

 

Leia tudo sobre: Copa Libertadores 2011SantosMuricy Ramalho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG