Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Emerson volta a marcar e Fluminense derrota o Volta Redonda

Equipe assume a segunda colocação do grupo B, deixando o Botafogo fora da zona de classificação

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

nullMesmo com o pensamento voltado para a Copa Libertadores, o Fluminense conseguiu uma importante vitória por 2 a 1 sobre o Volta Redonda, neste sábado, no estádio Raulino de Oliveira, pela sexta rodada da Taça Rio. Depois de três jogos sem vencer pelo estadual, o Flu conseguiu superar os desfalques para se manter vivo na luta por uma das vagas na semifinal. Todos os gols sairam no segundo tempo. Primeiro com um lindo chute de fora da área de Souza, depois com Emerson, que encerrou um jejum de quatro meses sem marcar.

Com a vitória, o Fluminense chega aos 11 pontos, passando o Botafogo, que joga neste domingo, e assumindo provisoriamente a segunda colocação do grupo B da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Volta Redonda segue em quinto lugar no grupo A, com sete pontos.

Na próxima rodada o Fluminense enfrenta o Americano, no próximo domingo, às 16h, no estádio Cláudio Moacyr, em Macaé. Antes, na quarta-feira, a equipe tem um duelo decisivo contra o Nacional, no Uruguai, pela Copa Libertadores. Já o Volta Redonda recebe o Olaria no sábado, às 15h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Photocamera
Rafael Moura (ao centro) tenta fugir da forte marcação do Volta Redonda

O jogo
Preocupado com a partida do meio de semana, pela Copa Libertadores, o técnico interino Enderson Moreira optou por poupar o atacante Fred e o meia Conca. Com isso, Rafael Moura e Deco começaram a partida contra o Volta Redonda. Na defesa, com Leandro Euzébio e Digão machucados, Edinho atuou improvisado, ao lado de Gum. Diguinho, suspenso, deu lugar a Fernando Bob no meio-campo.

Precisando da vitória para manter chances de classificação na semifinal da Taça Rio, o Fluminense começou a partida pressionando, mas finalizando mal. Nos primeiros 15 minutos de partida, o time das Laranjeiras teve pelo menos quatro oportunidades para abrir o placar, com Emerson, Souza e Rafael Moura, mas parou no goleiro Mauro ou na má pontaria de seus atacantes.

Se no começo o Fluminense ditava o ritmo do jogo, depois da parada técnica, quem esteve mais próximo de abrir o placar foi o Volta Redonda. Aos 21 minutos da primeira etapa, Glauber ficou com o rebote do escanteio, cruzou da direita e Jhonnattann desviou. A bola explodiu no travessão e o zagueiro Gum afastou o perigo.

Aos 35, outra boa chance do Volta Redonda. Bruno Lança recebeu na intermediária e deu lindo passe para Jhonnattann, que adiantou a bola, mas conseguiu tocar de carrinho na saída do goleiro Ricardo Berna. A bola passou raspando a trave esquerda do gol do Fluminense. Nos minutos finais, as equipes passara a errar muitos passes e o jogo perdeu emoção. Apesar das chances dos dois lados, as equipes foram para o intervalo empatando sem gols.

Photocamera
Emerson em ação contra o Volta Redonda
Volta Redonda e Fluminense não fizeram alterações para o segundo tempo, mas o time de Deco, Souza e companhia voltou pressionando, exatamente como no primeiro tempo. Se antes a bola teimava em não entrar, na etapa complementar a história foi diferente. Aos oito minutos, Souza tabelou com Rafael Moura, carregou a bola na entrada da área e mandou um chute colocado, no ângulo do goleiro Mauro, sem chances de defesa, abrindo o placar no estádio Raulino de Oliveira.

E apenas quatro minutos depois, contando com a sorte, o Fluminense aumentou a contagem e praticamente definiu a vitória. Deco encontrou Emerson livre na entrada da área. O atacante chutou, a bola desviou em Fabinho e encobriu o goleiro Mauro. De quebra, o atacante ainda encerrou um jejum de quatro meses sem marcar. O último gol havia acontecido no dia 5 de dezembro, na vitória sobre o Guarani, no jogo do título do Fluminense do Brasileirão 2010.

Depois do gol, o Fluminense diminuiu o ritmo. O técnico Enderson Moreira tirou Souza e Emerson, dando chances para Marquinhos e Araújo. O Volta Redonda ainda tentava buscar a igualdade, mas atuava de maneira desordenada e não levava perigo ao goleiro Ricardo Berna. No final, ainda deu tempo para Tartá quase ampliar o placar. Aos 43, o meia soltou a bomba de perna esquerda, exigindo grande defesa do goleiro Mauro.

O gol de honra do Volta Redonda aconteceu já nos acréscimos. Aos 46, após boa jogada de Serginho pela esquerda, Léo Gonçalves cruzou para a área. Arthur desviou de cabeça e a bola ainda pegou no volante Valencia, antes de morrer no fundo do gol do Fluminense. Mas não havia tempo para mais nada no Raulino de Oliveira.

FICHA TÉCNICA - VOLTA REDONDA 1 X 2 FLUMINENSE

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 2 de abril de 2011 (Sábado)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Assistentes: Diogo Carvalho Silva (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
Cartões amarelos: Jonílson, Ávalos, Fabinho e Lombardi (Volta Redonda); Deco, Emerson (Fluminense)

GOLS
Volta Redonda - Arthur, aos 46 minutos do segundo tempo
Fluminense - Souza, aos oito minutos do segundo tempo; Emerson, aos 12 minutos do segundo tempo

VOLTA REDONDA: Mauro; Bruno Barra (Serginho), Ávalos, Lombardi e Fabinho; Jonilson, Bruno Lança, Glauber e Jean (Léo Gonçalves); Cadú (Arthur) e Jhonnattann
Técnico: Dário Lourenço

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Edinho e Julio Cesar (Tartá); Valencia, Fernando Bob, Deco e Souza (Marquinhos); Emerson (Araújo) e Rafael Moura
Técnico: Enderson Moreira 

Leia tudo sobre: fluminensecampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG