Jogadores responderão a processo por interceptação de carros importados ilegalmente

Emerson foi denunciado por cotrabando
AE
Emerson foi denunciado por cotrabando
Os jogadores Emerson Sheik, do Corinthians , e Diguinho, do Fluminense, foram denunciados pelo Ministério Público Federal por contrabando e lavagem de dinheiro após serem investigado pela operação Black Ops da Polícia Federal.

Leia também: Emerson pode ser condenado por lavagem de dinheiro e contrabando

Segundo a investigação, uma quadrilha comandada pelo israelense Yoram El Al, importou ilegalmente 102 veículos nos últimos dois anos. Com as notas fiscais eram subfaturadas, os carros eram vendidos por preços mais baixos e serviam para lavagem de dinheiro da quadrilha, envolvida também com máquinas caça-níqueis. Emerson comprou um desses carros e revendeu para Diguinho quando os dois jogavam juntos no Fluminense.

E mais: Emerson atuou em três jogos do Paulistão com registro de "gato"

Nem Emerson nem Diguinho foram notificados sobre a decisão da justição, mas caso respondam ao processo poderão ser condenados a 14 anos de prisão. Emerson esteve no Rio de Janeiro no final de novembro para depor sobre o assunto. Os dirigentes do Corinthians tem conversado com ele a respeito da questão e o técnico Tite mantém "Nós conversamos sobre isso. Ele tem a atenção minha e pareceu estar bom para poder filtrar isso e concentrar no nosso trabalho", disse Tite, quando o assunto surgiu no final do ano passado.

Confira ainda: Lesão de Emerson preocupa e Corinthians não descarta cirurgia

"Se precisar, daremos o auxílio necessário. temos que saber se ele realmente tem culpa, mas, no primeiro momento, acreditamos na sua inocência", disse Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto de futebol corintiano, ao jornal "Marca Brasil".

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Além de Emerson e Diguinho, os cantores Latino e Belo também foram investigados pela Polícia Federal por terem comprado carros envolvidos na sua operação. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.