Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Emerson Palmieri agradece apoio e planeja ser "herdeiro" de Léo

Jovem ala estreou no primeiro jogo do Santos no Paulista e ainda nem aparece como do elengo profissional no site oficial do clube

Gazeta |

O jovem Emerson Palmieri estreou como profissional pelo Santos e já vestiu a camisa 3, consagrada pelo veterano Léo . Após atuação consistente na lateral esquerda do Santos no empate diante do XV de Piracicaba na primeira rodada do Campeonato Paulista, o ala agradeceu o apoio recebido e contou que tem o sonho de ser o verdadeiro "herdeiro" de Léo.

O primeiro a elogiar o lateral de 17 anos foi o presidente do clube Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, que já vê o jogador 20 anos mais "experiente" como reserva da equipe: "O Emerson é um grande valor das nossas categorias de base, talvez seja um novo Léo. Mas temos que cuidar direito de nossas promessas, não adianta apostar tudo e vê-lo inconsistente em alguns momentos. Vamos contratar um lateral esquerdo que terá que suar muito para atuar".

Leia mais: Adriano imita gringos ao beijar repórter, mas inova com casamento

No site oficial do clube, Emerson ainda não faz parte nem do elenco profissional, pois disputaria a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012 no time de Claudinei Oliveira, mas foi chamado por Tata e Muricy Ramalho para completar o grupo principal e acabou aproveitado logo na estreia.

"Tenho que agradecer a todas mensagens de apoio, principalmente na internet, e fiquei muito feliz por ver esse carinho da torcida santista. Sem Deus, minha família e meus amigos não seria possível receber essa confiança do Tata e começar jogando no Paulistão", afirmou o jogador logo depois da partida.

A principal motivação de Emerson Palmieri é ficar à altura de substituir o grande ídolo e espelho que é Léo: "Eu estou começando agora essa jornada entre os profissionais e ter um cara humilde e especial como o Léo ao lado é um presente. Não quero tirar vaga de ninguém, ele é o titular e é um ídolo da torcida. Meu objetivo é conseguir substituir à altura quando precisar. Pés no chão sempre".

Leia tudo sobre: campeonato paulista 2012santos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG