Tamanho do texto

Atacante corintiano não tem condições de ser titular no domingo, mas até prometeu cambalhota se fizer gol

Não é certo que o Fluminense e o atacante Emerson, do Corinthians, se encontrem dentro de campo, neste domingo, em São Paulo. Mas apenas a possibilidade de que o "Sheik" entre no gramado do Pacaembu e marque um gol já mexe com o imaginário do torcedor carioca, que hoje tem Emerson como um traidor após ter deixado o clube por ter cantado uma música do rival Flamengo antes de uma partida decisiva da Libertadores deste ano.

Emerson se esforça para entrar em forma
Bruno Winckler
Emerson se esforça para entrar em forma

Siga o iGCorinthians no Twitter

Por ter ficado mais de um mês sem jogar, Emerson ainda não tem condições de atuar por 90 minutos e por isso Tite optou por deixá-lo como opção no banco de reservas. Ainda assim é provável que o jogador entre no segundo tempo da partida como fez no último jogo do Corinthians. E aí, Emerson poderá cumprir a promessa feita quando foi apresentado no clube paulista. Ele disse que até cambalhota daria caso fizesse um gol contra a ex-equipe.

Tite prefere não polemizar sobre o que representa uma possível entrada de Emerson contra o Fluminense. "Ele não tem condições de ser titular, joga no máximo 45 minutos, então não tem como eu prever se ele joga ou não. Vai depender das circunstâncias do jogo. Mas tenho certeza de que ele estará muito motivado caso a gente precise dele", disse o técnico corintiano.

No Fluminense, Abel Braga, que conheceu o "Sheik" no futebol árabe, só torce para que o jogador não seja utilizado por Tite. Ele elogia o atacante e ignora suas provocações.“Nem quero pensar em provocação contra o Emerson. Eu, particularmente, adoro esse jogador e gostaria de contar com ele. Mas eu não estava aqui quando aconteceram os problemas e isso é página virada. Pouco jogadores trabalham para o time sem bola como ele. Tentei levar ele para o Al Jazira, mas infelizmente naquele momento ele não queria sair do Brasil e permaneceu no Flamengo. Tomara que o Tite utilize ele o menos possível”, comentou o técnico do Fluminense.

O zagueiro Leandro Euzébio, que jogou com Emerson no Fluminense, também demonstra respeito ao jogador. “É um atacante de excelente qualidade, que conhecemos muito bem, mas temos que ter atenção com todo o time do Corinthians. O Liedson também é um jogador que merece toda nosso respeito e muita atenção”, comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.