Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Emerson diz que não vai comemorar se marcar contra o Nova Iguaçu

Nascido e criado no município da Baixada Fluminense, Sheik não descarta defender o clube no fim da carreira

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Já virou moda no futebol jogador não comemorar gol contra o time que o revelou. Emerson não começou a carreira no Nova Iguaçu, mas como nasceu e foi criado no município da Baixada Fluminense, o atacante disse neste sábado que não irá comemorar caso faça um gol na partida deste domingo, às 16h, no Engenhão, pela oitava e úiltima rodada da Taça Rio.

“Tenho um carinho enorme por Nova Iguaçu e tenho que respeitar essa equipe. Caso marque um gol, não vou comemorar um gol sobre eles. Conheço o projeto deles, que é bonito e honesto, e torço pelo crescimento do time. Mas hoje estou no Fluminense e preciso trabalhar”, disse.

O carinho do jogador pelo município que dá nome ao time é tão grande, que Emersom não descarta até a possibilidade de vestir a camisa do Nova Iguaçu antes de encerrar sua carreira.

“Além da família, tenho amigos que me respeitam e torcem por mim. Seria legal fazer essa homenagem ao Nova Iguaçu no futuro”, afirmou o atacante.

Com apenas um gol em oito jogos na temporada, o jogador ainda não sabe se irá começar jogando neste domingo. Liberado do treino de sexta-feira para resolver problemas particulares, o atacante pode perder a posição para Araújo. Embora afirme que respeita a decisão do técnico interino Enderson Moreira, sejá ela qual for, Sheik deixa claro que não pensa em ficar fora da partida.

“Comuniquei que tive um problema ao Mário Bittencourt e fui liberado do treino. Mas vim ao clube à tarde e fiz meus exercícios. É o treinador quem decide quem joga, ele só pode escalar 11, mas eu quero jogar”, deixou claro Emerson
 

Leia tudo sobre: Canpeonato Carioca 2011FluminenseEmerson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG