Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Emerson deve ser relacionado para enfrentar o América do México

Otimista em estar em campo no dia 2 de março, atacante já tirou até o visto para poder entrar no país

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Nem a confirmação da escalação de Fred contra o Boavista nem a recuperação de Leandro Euzébio. A notícia que mais animou a comissão técnica do Fluminense neste sábado foi a melhora de Emerson. Com o edema ósseo no tornozelo esquerdo bem menos inchado em relação à pré-temporada em Mangaratiba, quando se chocou com Ricardo Berna e voltou a sentir dores no local, Sheik será entregue à preparação física nesta semana e deverá ser relacionado para o jogo contra o América do México, dia 2 de março, no Estádio Azteca. Tanto que Emerson já tirou o visto para poder entrar no país.

“A lesão do Emerson não foi muscular. Então, depois de uma semana trabalhando a parte física comigo, eu libero para o campo e aí vai depender do Muricy“, explicou o preparador físico Ronaldo Torres.

Apesar do otimismo em contar com o atacante antes do previsto, o departamento médico do Fluminense trata o caso com muita cautela. Desta forma, Emerson ainda será submetido a um exame de ressonância magnética no tornozelo esquerdo para saber exatamente o quanto o edema regrediu.

No último exame de imagem realizado na semana passada, o local já estava bem menos inchado, tanto que o jogador não tem mais se queixado de tantas dores, dando esperanças de que sua volta está realmente próxima.

Emerson se lesionou em outubro do ano passado no empate sem gols diante do Botafogo. Uma das contratações mais caras da temporada, o atacante desfalcou o time por oito rodadas e só voltou ao time na vitória conta o Palmeiras, por 2 a 1, em Barueri, na penúltima rodada do Brasileirão.

Com muitas dores, o atacante só suportou enfrentar o Guarani após tomar várias injeções no local. Mas o sacrifício, revelado pelo próprio jogador no dia seguinte da decisão, valeu muito a pena. E foi justamente com a parte do pé esquerdo lesionado que Sheik fez o gol que garantiu ao Fluminense o tricampeonato nacional.

 

Leia tudo sobre: Copa Libertadores 2011FluminenseEmerson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG