Tamanho do texto

Atacante do Corinthians mostrou irreverência ao comentar sobre a possível vinda do meia argentino para o time paulista

AE
Emerson brincou quando perguntado a respeito da possível contratação de Montillo
A diretoria do Corinthians está disposta a arcar com um valor "muito acima da realidade brasileira" (mais de € 8 milhões, ou R$ 18,7 milhões), conforme definiu em nota oficial, para tirar o meia Montillo do Cruzeiro. Em tom de brincadeira, o atacante Emerson avisou que o investimento não garantiria ao argentino um espaço na formação titular do técnico Tite.

Leia mais: Paulo André pede três times para suportar maratona de fevereiro

"Seria um bom reserva para mim, não é?", disse Emerson, rindo, na noite desta segunda-feira. "É brincadeira, gente", continuou, antes de repetir que Montillo viria para ser seu suplente.

Veja ainda: Tite passa bem e recebe alta após cirurgia

Em tom mais sério, o extrovertido Sheik recomendou o meia do Cruzeiro a se deixar seduzir pelos altos salários oferecidos pelo Corinthians . "O cara tem quase 28 anos e precisa cuidar da família dele. O atleta deve pensar no lado financeiro, pois a carreira é muito curta. Eu mesmo já escolhi largar um lugar de que gostava muito, por causa da grana. Mas isso é algo particular", comentou o atacante, que é torcedor declarado do Flamengo e deixou o clube carioca para se transferir para o Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, em 2009.

Saiba quais são as últimas novidades do Mercado da Bola

Montillo pensa como Emerson . O meia, principalmente por meio das declarações de seu empresário (Sergio Irrigotia), tem manifestado vontade de defender o Corinthians . Um possível acordo esbarra na intransigência de Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro, em não liberar o atleta do contrato válido até 2015 por menos de € 15 milhões (R$ 35,20 milhões).

Entre para a torcida virtual do Corinthians: