Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Embalado após clássicos, Arsenal busca virada milagrosa ante Milan

Ingleses venceram Tottenham e Liverpool, mas depende de uma vitória por cinco gols de diferença para avançar

Gazeta |

Após ser goleado por 4 a 0 pelo Milan na primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, o Arsenal retomou a confiança com vitórias consecutivas em dois clássicos pelo Campeonato Inglês, contra Tottenham (5 a 2) e Liverpool (2 a 1). Inspirado nesses resultados, o time do técnico Arséne Wenger confia em suas remotas chances de classificação e espera realizar uma virada histórica para passar de fase no duelo de volta contra os italianos, agendado para esta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), em Londres.

Relembre: Robinho e Ibra brilham e Milan goleia o Arsenal na Liga

AP
Robinho teve grande atuação diante do Arsenal na partida de ida

Precisando de uma vitória por cinco gols de diferença (um triunfo por 4 a 0 leva a decisão para os pênaltis), os ingleses terão outra dificuldade para enfrentar: os desfalques. Os meio-campistas Benayoun, Diaby e Arteta foram vetados após sairem machucados do clássico contra o Liverpool. O lateral esquerdo Gibbs e o meia Rosicky serão reavaliados antes do jogo e também podem ficar fora do jogo contra o Milan. Já André Santos, Mertesacker, Squillaci, Djourou, Ramsey e Wilshere seguem fora com lesões graves.

Todos esses problemas não abalam o técnico Arséne Wenger, que tem a difícil missão de manter os jogadores confiantes na obtenção da vaga, mesmo com a grande desvantagem. Para o comandante francês, o Arsenal terá de fazer uma partida perfeita se quiser sair do Estádio Emirates classificado para as qurtas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Confira a tabela da Liga dos Campeões da Europa 2011/2012

Getty Images
Van Persie, que decidiu o clássico contra o Liverpool no final de semana, sorri em treino
"É importante acreditarmos fortemente e mostrar que podemos fazer o que parece impossível possível. Não temos que tentar achar as fraquezas do Milan, porque eles são um bom time, mas a nossa única chance será jogar uma partido em alto nível durante os 90 minutos. É isso que vamos tentar realizar", declarou Wenger.

Na história das competições europeias, apenas três equipes conseguiram superar uma diferença de quatro gols em fases eliminatórias. A última delas foi o Real Madrid, que perdeu por 5 a 1 para o Borussia Moenchengladbach no jogo de ida na Copa da Uefa da temporada 1985/1986 e reverteu a desvantagem com um triunfo por 4 a 0 no duelo seguinte.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para não ser vítima de uma destas viradas, o time do técnico Massimiliano Allegri também terá que lutar contra desfalques na partida desta terça-feira. Os meio-campistas Seedorf, Boateng, Merkel, Strasser e Gattuso e o atacante Alexandre Pato seguem machucados e sem condições de jogo, enquanto Aquilani e Emanuelson são dúvidas. Já Muntari, que não foi inscrito na competição, e Ambrosini, suspenso, estão fora.

"O Arsenal não vai se render facilmente. Precisamos estar concentrados e não menosprezar ninguém. Temos uma grande oportunidade de chegar às quartas de final e não podemos desperdiçá-la", declarou Allegri, que busca seu primeiro título continental com os rossoneri.

FICHA TÉCNICA
ARSENAL X MILAN

Local: Estádio Emirates, em Londres (Inglaterra)
Data: 6 de março de 2012, terça-feira
Horário: 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)
Assistentes: Primoz Arhar e Marko Stancin (ambos da Eslovênia)

ARSENAL: Szczesny; Sagna, Vermaelen, Koscielny e Gibbs; Song, Chamberlain e Rosicky; Walcott, Gervinho e Van Persie
Técnico: Arséne Wenger

MILAN: Abbiati; Abate, Mexés, Thiago Silva e Mesbah; Aquilani, Van Bommel, Nocerino e El Shaarawy (Emanuelson); Robinho e Ibrahimovic
Técnico: Massimiliano Allegri

Leia tudo sobre: liga dos campeões 2012milanarsenalfutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG