Tamanho do texto

Jogador, que está no Fenerbahce, ja teve seu nome vinculado para um possível retorno por duas vezes em 2011

O volante Cristian, do Fenerbahce, da Turquia, mais uma vez externou sua vontade de retornar ao Corinthians . Em um vídeo na internet, o jogador apelou aos torcedores do time paulista para que ajudem a levá-lo ao Parque São Jorge, iniciando a campanha "Volta Cristian" , um site hospedado pela agência de publicidade W+K Brasil, contratada para divulgar o projeto de " crowdfunding ", termo inglês que traduzido ao pé da letra significa "financiamento da multidão".

null

Veja a movimentação do mercado da bola no futebol brasileiro

"Fala aí nação corintiana! Hoje eu estou aqui na Turquia, mas minha vontade é voltar para o Corinthians. Todo mundo sabe que sou maloqueiro, então estou aqui pedindo a sua ajuda e para toda a nação corintiana para voltar a este 'Bando de Loucos'", pede o jogador no vídeo.

O vídeo é parte de uma campanha organizada por investidores e que será lançada em breve, com o objetivo de buscar contribuições da torcida para trazer o volante de volta. O dinheiro arrecadado ajudaria a rescindir o contrato do jogador com o Fenerbahce, que é válido até 2014. O clube turco quer R$ 16 milhões por Cristian.

Site
Reprodução
Site "Volta, Cristian" ainda está no seu esboço
Leia também: Diferente de 2011, Corinthians inicia pré-temporada sem perdas

Pelo Corinthians, Cristian jogou entre 2008 e 2009. Além da Série B, em 2008, o volante conquistou os títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, em 2009. Exaltado pela torcida, o jogador ficou marcado pelo gol que fez no Estadual, aos 48 minutos do segundo tempo, diante do São Paulo, quando, na comemoração, mostrou os dedos médios em provocação à torcida rival.

Em 2011, o jogador teve seu nome vinculado para um possível retorno por duas vezes: no início do ano passado, Cristian teve sua contratação dada como certa, mas o Fenerbahce não o liberou. Em maio, sites turcos colocaram o jogador novamente no Corinthians , mas o acerto também não aconteceu. Segundo o ex-presidente corintiano, Andrés Sanchez, o volante tem "portas abertas" para voltar ao clube.

Em junho do ano passado, Cristian entrou na justiça contra o Corinthians para reaver valores que teria a receber referentes a direitos de arena - nome técnico para os valores que o clube arrecada com transmissão dos seus jogos e que devem ter uma porcentagem repassada aos jogadores. Por lei, 20% desse valor vai para os atletas e a divisão é feita de acordo com o número de partidas que cada jogador atua. Cristian julgava que deveria ter recebido um valor maior do que recebeu de fato. No final de dezembro Corinthians e jogador conseguiram um acordo e o caso foi encerrado.

*com Gazeta Press