Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em um mês Corinthians dará os detalhes do seu estádio em Itaquera

Ainda sem os nomes das empresas que bancarão a ampliação da arena para sediar a abertura da Copa de 2014, Andrés Sanchez promete divulgar tudo até dia 15 de janeiro

Bruno Winckler, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882330252&_c_=MiGComponente_C

O Corinthians espera anunciar até o dia 15 de janeiro todas as empresas que bancarão a ampliação do estádio do clube que será erguido ao lado do metrô Itaquera e que é a única opção da cidade para abrigar a abertura da Copa do Mundo de 2014. Projetado inicialmente para abrigar 48 mil pessoas, o estádio deverá ganhar mais 20 mil lugares.

O presidente Andrés Sanchez reafirma que o Corinthians não desembolsará nada e que além da Odebrecht, parceira inicial do clube no projeto, duas ou três empresas já estão nas últimas tratativas para serem anunciadas como novas parceiras do projeto. No mais tardar dias 15 de janeiro a gente vai ter tudo certinho. Muita gente duvida, mas em março a gente começa as obras, disse Sanchez, que se irrita com as perguntas sobre o estádio, especificamente quando se põe em dúvida sua construção.

Gazeta Press
Sanchez reafirmou que Corinthians não desembolsará nada para construir estádio

Quando estiver tudo fechado vocês vão saber o nome das empresas, de onde vem o dinheiro. Não adianta vocês colocarem em dúvida, disse Sanchez. Ninguém no Corinthians cogita divulgar as empresas que negociam com o clube e com a Odebrecht a ampliação dos estádios. Na negociação está envolvida também a comercialização dos naming rights, que são os direitos de se colar o nome das empresas na futura arena.

O projeto inicial do estádio, avaliado em R$ 350 milhões, será majorado em pelo menos mais R$ 200 milhões para se adequar às exigências da Fifa. Os primeiros valores devem ficar a cargo da Odebrecht e empréstimos que a empresa fará junto ao BNDES. O restante ficará com as outras empresas citadas por Sanchez.

O ministro dos Esportes, Orlando Silva Júnior, diz que a revisão do projeto do estádio de Itaquera deve ser concluída até o dia 15, mesma data estipulada por Sanchez para detalhar como se darão as obras. Após a aprovação do projeto ele será encaminhado ao BNDES. Em 2013 esse estádio vai estar pronto, assegura Sanchez.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocopa 2014corinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG