Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em tarde de Bill, Coritiba goleia o Rio Branco e assume a ponta

Atacante marcou duas vezes na vitória do alviverde por 4 a 1, em Paranaguá

Gazeta |

Em uma tarde inspirada do atacante Bill, o Coritiba bateu o Rio Branco por 4 a 1, no Gigante do Itiberê, em Paranaguá, pelo Campeonato Paranaense 2011. Com o resultado, aliado ao empate do Cianorte, o Alviverde assumiu a liderança, com 17 pontos ganhos, enquanto o time do litoral continua em situação delicada, com apenas quatro pontos conquistados.

Forçando no ataque desde o apito inicial, o time abriu o placar aos 14 minutos, com Bill, que aproveitou sobre de bola na área para marcar. Mas o Leão da Estradinha chegou ao empate em cobrança de falta, com César Romero, aos 21 minutos. Aos 45 minutos, Pereira aproveitou cruzamento para empurrar para as redes. Depois do intervalo, Bill, aos 24 minutos, e Anderson Aquino, aos 36 minutos, fecharam a contagem.

Na próxima rodada, o Rio Branco volta a campo na quarta-feira, quando recebe novamente no Estádio Fernando Chaburb Farah, em Paranaguá, o Iraty. Já o Coritiba terá pela frente o Corinthians Paranaense, quinta-feira, no Eco Estádio Janguito Malucelli, na capital paranaense.

Futura Press
O Coritiba bateu o Rio Branco por 4 a 1 e assumiu a liderança do Paranaense

O jogo - Mantendo o mesmo esquema tático que funcionou no meio de semana diante do Iraty, o Coxa começou pressionando e, aos dois minutos, Rafinha cruzou fechado para a interceptação de Fabrício. Aos quatro minutos, a bola sobrou limpa para Bill após falha da zaga, mas o atacante alviverde conseguiu isolar a redonda. No contra-ataque, aos nove minutos, Marcos Aurélio quase surpreendeu o goleiro, de cobertura, para fora.

O gol alviverde amadurecia a cada ataque, até que, aos 14 minutos, Bill, com oportunismo, aproveitou a bola que sobrou na área para empurrar para as redes e marcar seu terceiro gol em três jogos seguidos. O time da casa não jogava mal, mas ficava na base da vontade, não da qualidade. Aos 16 minutos, Negreiro caiu na área e pediu penalidade, não marcada. De longe, aos 21 minutos, César Romero cobrou falta e Edson Bastos aceitou.

A chuva apertou em Paranaguá, diminuindo o ritmo da partida. Aos 26 minutos, Josafá arriscou o chute de longe para aproveitar o gramado molhado, e errou o alvo. O Coritiba só respondeu aos 33 minutos, com Marcos Aurélio, com um petardo cheio de veneno, pela linha de fundo. Por lesão, o técnico Erminho queimou duas substituições no Rio Branco. Porém, aos 45 minutos, Marcos Aurélio fez o levantamento, a defesa falhou e Pereira empurrou para o fundo das redes.

No segundo tempo, a primeira grande oportunidade foi criada pelo time da casa, aos dois minutos, com Bruno Flores que, de cara para o crime, chutou errado, desperdiçando uma chance real de empatar. Aos nove minutos, Ratinho apareceu com liberdade no ataque, porém, foi impedido de continuar pela arbitragem, que assinalou o irregularidade na posição do atleta.

A partida ficou truncada após o intervalo, e o Alviverde tentou chegar em jogada de bola parada de Léo Gago, que carimbou a barreira. Aos 15 minutos, penalidade para o Leão. Na cobrança, Negreiros parou nas mãos de Edson Bastos, que se redimiu do frango da primeira etapa. A defesa animou o Coxa, que se reencontrou no jogo. Aos 24 minutos, Rafinha cruzou com perfeição e Bill, com pinta de artilheiro, testou firme para o fundo do gol.

Logo em seguida, o Rio Branco perdeu Josafá, expulso após falta violenta. Aos 30 minutos, Marcos Aurélio recebeu de Rafinha, levantou a cabeça e chutou na trave. Cinco minutos depois, com um chute cheio de efeito, Anderson Aquino marcou um golaço, o primeiro com a camisa coxa-branca. O placar poderia ser ainda mais elástico, mas o chute de Anderson Aquino, aos 42 minutos, parou na trave.

FICHA TÉCNICA
RIO BRANCO 1 X 4 CORITIBA

Local: Estádio Fernando Chaburb Farah, em Paranaguá (PR)
Data: 06 de fevereiro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Antônio Valdir dos Santos
Assistentes: Guilherme Roggenbaum e Diego Grubba Schitkovsk

Cartões amarelos: Leandro, Bruno Flores e Baiano (Rio Branco); William (Coritiba)
Cartão vermelho: Josafá (Rio Branco)

Gols: CORITIBA: Bill, aos 14 minutos e Pereira, aos 45 minutos do primeiro tempo; Bill, aos 24 minutos e Anderson Aquino, aos 36 minutos do segundo tempo
RIO BRANCO: César Romero, aos 21 minutos do primeiro tempo

RIO BRANCO: Fabrício, Leandro, Michael, César Romero e Esquerdinha; Mini (Baiano Souza), Baiano, Bruno Flores (Marco Antônio) e Josafá; Negreiros e Edmilson (Ratinho).
Técnico: Erminho

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Pereira, Emerson e Eltinho; Willian, Léo Gago, Rafinha (Geraldo) e Davi; Marcos Aurélio (Anderson Aquino) e Bill.
Técnico: Marcelo Oliveira

Leia tudo sobre: CoritibaCampeonato Paranaense 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG