Árbitro expulsou o meia do Vasco após a partida, enquanto jogador do Fla foi excluído durante o jogo

Os meias Felipe , do Vasco , e Renato Abreu , do Flamengo , podem pegar um gancho no STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva), após o relato da súmula do árbitro Péricles Bassols, que apitou o clássico carioca no último domingo . O jogador do time da Gávea foi expulso aos 44 minutos do segundo tempo, após pedir cartão amarelo para um jogador adversário de maneira ríspida.

Já Felipe foi expulso após o apito final, quando vários jogadores do Vasco foram até o árbitro reclamar da atuação no clássico. O lateral-esquerdo Jumar também foi expulso durante o empate de 1 a 1 . Segundo Bassols, Renato Abreu o chamou de 'safado e ladrão', enquanto Felipe ameaçou fisicamente o juiz.

Confira o relato da súmula de Péricles Bassols:

"Aos 45 minutos do segundo tempo, expulsei do campo de jogo, após receber o segundo cartão amarelo, o atleta de número 11, o Sr. Carlos Renato de Abreu, da equipe do C.R. Flamengo, por, após a marcação de uma falta sofrida pelo mesmo, ou seja, a favor da sua equipe, o atleta insistiu em fazer acusações junto a arbitragem, pedindo cartão amarelo para o atleta que fez a falta; fez isso agachado, enquanto ajeitava a bola para a a cobrança. Após ser expulso, contestou de maneira acintosa a arbitragem e olhando para mim com o dedo em riste, proferiu as seguintes palavras: "Você é um safado, "Ladrão safado". repetindo isso por várias vezes, partindo em minha direção dizendo que ia me dar uma "porrada", sendo contido pelos seus colegas e retirado pelos mesmos para fora do campo de jogo.

Após o término da partida, expulsei de forma direta, o atleta de número 6, o Sr. Felipe Jorge Loureiro, da equipe do C.R. Vasco da Gama, por invadir o campo de jogo e contestar de forma acintosa a arbitragem com as seguintes palavras: "Você é um c...", "Um ladrão safado", eu sei onde você treina e vou te pegar, tendo que ser contido pelo policiamento"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.