Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em súmula, árbitro relata reclamações do presidente do Botafogo

Maurício Assumpção teria reclamado do cartão amarelo para o volante Renato e ironizado o árbitro

iG Rio de Janeiro |

O clima ficou quente no intervalo da vitória de 2 a 0 do Botafogo sobre o Atlético-PR, no último domingo, no estádio Engenhão. O árbitro pernambucano Nielson Nogueira Dias relatou reclamações do presidente da equipe carioca, Maurício Assumpção. Irritado com o cartão amarelo aplicado ao volante Renato, que está suspenso para a partida contra o Santos, na próxima quarta-feira, Assumpção teria perguntado ao juiz se ele estava com a 'lista dos outros (jogadores pendurados)'.

Leia mais: Loco Abreu completa 35 anos. Relembre 10 gols marcantes pelo Botafogo

No final, Nielson Nogueira Dias denuncia uma ironia direcionada ao presidente da Comissão Nacional de Arbitragem (Conaf), Sérgio Corrêa. Apenas o volante foi penalizado com cartão amarelo na partida. Com a vitória, o Botafogo chegou aos 52 pontos, dois atrás do Corinthians, que lidera, mas tem uma partida a mais.

Confira o relato do árbitro na súmula:

"Ao término do primeiro tempo de jogo, quando me deslocava, junto com a equipe de arbitragem, pelo corredor interno do estádio, em direção ao vestiário dos árbitros, fui abordado pelo Sr. Mauricio Assunção - presidente da equipe do Botafogo F. R., o qual proferiu as seguintes palavras em tom ofensivo: "Você já tirou um atleta do meu time para o próximo jogo. Está com a lista dos outros? Aproveita e manda um abraço para o Sergio Corrêa. Meu nome é Mauricio Assunção - presidente do Botafogo".

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e ajude seu time no ranking

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG