Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em situações opostas, Cruzeiro e Vasco fazem jogo decisivo

Time mineiro luta contra o rebaixamento, enquanto os cariocas precisam vencer para seguir na ponta da tabela

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

A partida entre Cruzeiro e Vasco, nesse domingo, às 16h, na Arena do Jacaré, interessa aos times que estão nos dois extremos da tabela de classificação. Isso porque o time mineiro luta contra o rebaixamento e vive uma crise profunda, enquanto o Vasco lidera o Brasileirão e precisa vencer para seguir na ponta. Promessa de um jogo cheio de tensão em Sete Lagoas.

Siga o iG Cruzeiro e o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time

O Cruzeiro ainda não sabe o que é vencer no segundo turno e vê o pelotão que luta contra o rebaixamento bem próximo. O treinador Emerson Ávila tem mais uma chance de mostrar que pode seguir no comando do clube e, pelo menos em um aspecto, acredita que seu time entra em campo com vantagem.

Entre para as torcidas virtuais de Cruzeiro e Vasco e convide os seus amigos

"Temos que buscar usar todas as armas. O fato do Vasco ter jogado na quinta-feira e nós na quarta faz com que eles cheguem um pouco diferente fisicamente", analisou o treinador. O Cruzeiro teve um dia a mais de preparação para o jogo, já que perdeu para o Coritiba na quarta-feira enquanto o Vasco empatou com o Atlético-GO na quinta.

Veja como foi o duelo entre Cruzeiro e Vasco no primeiro turno

O técnico Emerson Ávila perdeu Ortigoza e Leandro Guerreiro, lesionados, e o zagueiro Léo, suspenso. Por outro lado, voltam ao time Roger e Charles, que cumpriram suspensão no último jogo.

O meia Montillo, principal peça do time azul, acredita que a partida é de extrema importância não só por conta da pontuação na tabela. "Vamos jogar contra o líder, um time bom. Mas vai ser importante ganhar, não só pelos pontos. Uma vitória nos trará uma alegria grande, a confiança de volta. Jogamos por muitas coisas no domingo", analisou o camisa 10.

AE
Zagueiro da seleção, Dedé volta ao Vasco depois de cumprir suspensão
Já o Vasco é o atual líder do Brasileirão e perdeu uma boa chance de ampliar sua vantagem na ponta com o empate com o Atlético-GO. O objetivo é recuperar os pontos que escaparam em São Januário em Sete Lagoas.

"Pelas circunstâncias do jogo, e por termos perdido jogadores importantes, ganhamos um ponto, que espero que faça a diferença lá na frente. Vamos lutar pelo título até o fim. Mesmo com o empate com o Atlético-GO vem coisa boa por aí", analisou o experiente meia Juninho Pernambucano.

O técnico Cristóvão Borges ganha o retorno do zagueiro da seleção brasileira Dedé, que volta de suspensão. Por outro lado, o treinador perdeu o meia Bernardo, que pertence ao Cruzeiro e não joga por questões contratuais, e o atacante Éder Luís, que está com uma lesão muscular na coxa esquerda.

FICHA TÉCNICA- CRUZEIRO X VASCO
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 25 de setembro de 2011, no domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Corrêa (RS)
Assistentes: Alessandro A. de Rocha Matos (BA) e José A. Chaves Franco Filho (RS)

CRUZEIRO: Fábio; Vítor, Victorino, Cribari e Everton; Fabrício, Marquinhos Paraná, Charles e Roger; Montillo e Bobô
Técnico: Emerson Ávila

VASCO: Fernando Prass; Fágner, Dedé, Renato Silva e Julinho; Rômulo, Eduardo Costa, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Elton e Leandro
Técnico: Cristóvão Borges
 

 

Leia tudo sobre: CruzeiroVascoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG