Time tem apenas nove pontos conquistados; distância para o primeiro time fora da zona de rebaixamento é de 15

Nove pontos em 21 jogos. A fraca campanha do Duque de Caxias na Série B coloca o clube carioca como lanterna da competição e principal candidato ao rebaixamento para a terceira divisão. Apesar disso, o técnico Paulo Campos não demonstra abatimento, e ainda mantém a esperança de reagir no campeonato.

"É difícil, não vamos dizer que é uma situação tranquila, pelo contrario. Mas o grupo está se ajudando, está tentando, trabalhando muito, e temos que ir jogo após jogo. A motivação é o profissionalismo, a vontade de deixar essa situação. Ainda temos muita coisa a fazer, e não vamos desistir. Enquanto tivermos esperança, vamos continuar trabalhando", prometeu o técnico, em contato telefônico com a GE.Net.

A distância do Duque para o Vila Nova , primeiro time fora da zona de rebaixamento, é de 15 pontos. Além disso, o clube vem de três derrotas consecutivas, após uma sequência de dois empates e uma vitória. Para Campos, embora os resultados não tenham sido os desejados, a equipe tem evoluído.

"A equipe tem se comportado bem, e esse resultados ruins não fizeram com que ninguém baixasse a cabeça", completou o técnico do Duque, que sob o comando de Paulo Campos, conquistou cinco dos nove pontos conquistados na Série B.

O Salgueiro , rival desta terça-feira, é outra equipe desesperada: com 16 pontos, o time é o vice-lanterna da competição, e também está distante de seus rivais. O duelo está marcado para esta terça-feira, às 20h30 (de Brasília), em Volta Redonda (RJ).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.