Empresário afirma que não postará nada no Twitter até terça-feira, data que escritura pode ser assinada

Constantes
Guilherme Tosetto, iG São Paulo
Constantes "tuitadas" de Walter Torre Jr. estavam incomodando presidente palmeirense
A semana promete novos capítulos do caso da Arena do Palmeiras . O primeiro já foi revelado na madrugada desta segunda-feira por Walter Torre Jr. O presidente da empresa que reforma o estádio palmeirense postou no seu Twitter que fez um acordo com o presidente do clube, Arnaldo Tirone, de parar de escrever na sua página na internet para evitar conflitos.

Sem maiores explicações, Walter pediu desculpa aos torcedores que estão sem respostas e disse que aquilo fazia parte de um acordo com Tirone. As constantes “tuitadas” do empresário estavam incomodando o cartola e também seus aliados na conturbada política palmeirense.

Na semana passada, Tirone e Torre estiveram reunidos e o presidente palmeirense deixou seu parceiro confiante de que terça-feira a nova escritura deveria ser assinada. O dirigente pediu um tempo ao dono da companhia de engenharia para poder conversar com o COF (Conselho de Orientação e Fiscalização).

Esse encontro acontecerá nesta segunda-feira e o panorama não deve mudar. Conselheiros ligados ao ex-presidente Mustafá Contursi continuaram a votar pela paralisação das obras, mesmo sem explicar direito em qual ponto pretendem mexer.

Tirone, por sua vez, falou durante a semana inteira que pretende assinar a ratificação, mas que não fará isso com o "revólver na cabeça" e ainda disse que o plano B caso a WTorre desista do negócio seria "Jesus Cristo".

A pressão interna no clube começa a crescer, conforme apurou o iG na última sexta-feira. Os oposicionistas fazem trabalhos com cartas e documentos , alguns deles até mesmo encomendados por Mustafá Contursi, para convencer Tirone de que o negócio é bom.

No último fim de semana, Gilto Avallone, um dos conselheiros que mais criticam o acordo, também foi vaiado no clube por aqueles que formam a ala pró-Arena.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.