Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em segundo jejum de gols, André Lima recebe apoio no Grêmio

Centroavante passa em branco há cinco jogos às vésperas de enfrentar o Cruzeiro

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Definitivamente, a temporada 2011 não é das melhores para André Lima. Disputa de posição com Borges, grave lesão, quatro meses em recuperação, jejum de gols e novo período sem marcar acompanham o camisa 99 do Grêmio. Embora receba o apoio dos colegas, convive com a pressão de ajudar a equipe a melhorar o poder ofensivo. A próxima chance é contra o Cruzeiro, domingo, às 18h, no Olímpico.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

André Lima tem cinco gols no Brasileirão. Após recuperar-se de lesão no joelho direito, o atleta voltou a atuar no empate com o Avaí, dia 29 de junho. Marcou contra o Coritiba três rodadas depois. Demorou outros dez partidas até voltar a comemorar um gol. Este foi o primeiro jejum.

O gol na derrota para o Corinthians melhorou o astral. Tanta que fez três diante do Atlético-PR. O problema é que a secura voltou. Desde então, são cinco duelos em branco.

“Temos que criar oportunidades. Ele vem nos ajudando, brigando na frente. O trabalho dele está sendo bem feito, mas não diretamente no gol. Ele nos ajuda no pivô, nas trocas de passes, tanto que o Douglas, eu e o Escudero temos marcado. Ele faz muito bem isso. Tem que permanecer tranquilo e não se preocupar porque o mais importante é o coletivo ", explicou o meia Marquinhos.

André Lima é o único atacante no sistema 4-2-3-1, com o trio de meias. É respaldado pelo técnico Celso Roth, que aposta na manutenção do sistema para melhorar o rendimento. Com 29 gols, o Grêmio tem o segundo pio ataque. Está à frente apenas do Atlético-PR.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011andré lima

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG