Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em Salvador, Neymar se irrita ao ser questionado sobre negociação

Atacante do Santos negou, de forma ríspida, que Barcelona não adquiriu a preferência para contratá-lo

Gazeta |

AE
Neymar participa de jogo beneficente contra combinado do Bahia
O atacante Neymar participou de um jogo beneficente na tarde desta quinta-feira, em Salvador. Líder do seu time, denominado "Amigos do Neymar", contra um combinado de jogadores da Bahia, a revelação do Santos falou sobre as informações divulgadas recentemente pela imprensa espanhola, dando conta de que o Peixe teria aceitado uma proposta de 10 milhões de euros (R$ 24 milhões) para que o Barcelona tivesse prioridade na sua contratação.

"De novo isso? Não tem nem dois meses que renovei o meu contrato com o Santos. Acabei de falar que vou ficar no Santos até 2014 (tempo de seu vínculo com os alvinegros)", disse Neymar, em entrevista coletiva, visivelmente irritado em sua resposta.

Sem se alongar no assunto, o camisa 11 santista disparou contra a mídia sobre as especulações em torno de uma possível transferência para o Barça. "Estou 'de férias' do Santos, do Barcelona, do Real Madrid! Do jeito que as pessoas falam, já estou vendido desde os 10 anos de idade. Hoje estou aqui para jogar o 'Super Desafio', uma partida beneficente, para ajudar as pessoas que precisam ter um Natal mais feliz", comentou.

Veja também: Fittipaldi tieta Neymar e divulga foto com jogador na Bahia

Além de Neymar, o Santos também se manifestou por meio de um comunicado oficial, na última quarta, em que classificou como "infundados, inverídicos e fantasiosos" os comentários acerca de uma prioridade aos catalães na compra dos direitos federativos do atacante.

A direção do Barcelona, por sua vez, adotou uma postura mais neutra. O presidente do time catalão, Sandro Rosell, não confirmou nem desmentiu a notícia. "Se fosse verdade (o pagamento adiantado dos 10 milhões de euros), eu não o reconheceria. Simplesmente eu não diria nada, nem se estivéssemos interessados. Não há o que se discutir, se é verdade ou não, porque quando se confirma algo qualquer acaba encarecendo", disse Rosell, em tom enigmático.

Leia tudo sobre: NeymarSantosBarcelonamercado da bolafutebol mundialEspanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG