Campeão teve 63% de posse de bola e chutou a gol cinco vezes mais do que o rival na final deste sábado

Inquestionável! A superioridade do Barcelona na final da Liga dos Campeões foi admitida até mesmo pelo técnico dos Manchester United neste sábado. Após a partida, Alex Ferguson disse que nunca tinha enfrentado um time tão forte .

AFP
Guardiola é arremessado para o alto pelos jogadores do Barcelona
Os números do jogo confirmam a opinião do treinador e apontam o domínio catalão na vitória de 3 a 1, que deu o quarto título da Liga dos Campeões ao clube. Só em chances de gol, o Barça foi cinco vezes mais presente que o Manchester United. O time de Messi e companhia tentou 16 vezes, sendo que 12 foram na meta defendida por Van de Sar.

Já o Manchester United deu apenas três chutes em direção ao gol do Barcelona. O único que realmente chegou ao alvo foi o de Rooney, aos 33 minutos do primeiro tempo, quando o time empatou a partida.

Dono da bola
Ter a bola nos pés já virou rotina para o Barcelona de Guardiola. E foi assim também no jogo mais importante da temporada. O time catalão dominou a partida deste sábado, quando teve quase o dobro de posse de bola do que o rival. O Manchester United esteve com ela por apenas 22 minutos, enquanto o Barça teve quase 40 minutos, totalizando 63% de posse de bola.

Números e comparações que mostram que o título do Barça não foi por acaso. Até Alex Ferguson acha isso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.