Efeito suspensivo que liberou atacante para atuar contra Atlético-PR será julgado na terça-feira

Emerson pode ficar fora dos dois últimos jogos
Gazeta Press
Emerson pode ficar fora dos dois últimos jogos
O atacante Emerson, do Corinthians, será julgado pelo STJD na próxima terça-feira, dia 22, em Curitiba, no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) durante conferência nacional da OAB. Após efeito suspensivo concedido na sexta-feira passada para a punição de um jogo, a defesa acredita que será possível absolver o atleta. Emerson teve condição de enfrentar o Atlético-PR e não é problema para o jogo contra o Atlético-MG, domingo, no Pacaembu.

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

A expectativa do advogado do clube, João Zanforlin, é convencer os auditores que punir o atacante seria mudar a decisão do árbitro Leandro Pedro Vuaden, que o viu pisar no lateral direito Daniel, do Avaí, porém aplicou apenas cartão amarelo. "Viraria vermelho. Só três amarelos seguidos suspendem", argumenta. Em caso de mudança no veredicto, Emerson pode ficar fora dos jogos contra Figueirense, dia 27, e Palmeiras, dia 4.

Na tarde desta sexta-feira, o advogado foi ao CT Joaquim Grava conversar com jornalistas. Em contato com profissionais que trabalharam naquela partida, disputada em de 30 de outubro, no Pacaembu, ele diz ter ouvido que todo o quadro de arbitragem teve total condição de analisar a jogada. "O árbitro viu e deu cartão amarelo, e o auxiliar estava a meio metro do lance", justifica.

Emerson será julgado em meio a uma conferência nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Curitiba. Por se tratar do Pleno do STJD, ele não poderá se defender pessoalmente e portanto não viajará com Zanforlin, como fez na sexta-feira passada ao ir até o Rio de Janeiro.

O atacante está sob risco de suspensão de quatro a 12 partidas por ter sido denunciado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), acusado de "praticar agressão física durante a partida, ao desferir dolosamente soco, cotovelada, cabeçada ou golpes similares em outrem, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.