Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em nota, Botafogo faz alerta sobre excesso de jogos no Engenhão

Equipe carioca resolveu se manifestar e alertar a Federação para o risco com a sobrecarga do gramado

Gazeta |

AE
Joel Santana observa ação do Botafogo em jogo contra o Duque de Caxias no Engenhão
Com a mudança de alguns jogos entre pequenos contra grandes para o Engenhão, o Botafogo resolveu se manifestar e alertar a Federação Carioca para o risco com a sobrecarga do gramado do estádio. O presidente Maurício Assumpção enviou um documento ao mandatário da entidade estadual e de Flamengo e Fluminense, que utilizam o local para mandar suas partidas.

Desde o início do Campeonato Carioca, três jogos tiveram seus locais alterados para o Engenhão. Além disso, nesta semana, mais uma partida foi transferida para o local. A medida aconteceu após a federação carioca impedir a realização de jogos dos pequenos contra os grandes em alguns estádios, como o Giulitte Coutinho, pertencente ao América-RJ, que encarou o Flamengo no fim de semana passado.

Sem poder contar com o Maracanã, que está em reforma para a Copa do Mundo de 2014, os alvinegros se preocupam com o estado do gramado até o fim da temporada. Muito criticado em 2010, ele foi reformado para este ano, que terá o Fluminense na Libertadores. Além disso, Botafogo, Flamengo e o próprio Fluminense vão mandar seus jogos durante 2011 no local.

Confira abaixo na íntegra o documento enviado pelo presidente Maurício Assumpção:

"Rio de Janeiro, 24 de Janeiro de 2011

Ilmo Senhor
RUBENS LOPES
Presidente da FERJ
FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Prezados Senhores,
Em primeiro lugar, gostaríamos de agradecer a todos aqueles que, através de seus comentários positivos, reconheceram a eficácia do trabalho técnico e profissional desenvolvido no gramado do Estádio Olímpico João Havelange no ano passado. É importante termos esse retorno da comunidade esportiva porque somente assim temos a noção exata do alcance de nossos esforços para manter o Engenhão a instalação de excelência que é hoje.

Como concessionário legal do estádio, o Botafogo sempre terá a preocupação e o cuidado de mantê-lo em suas melhores condições, com o único objetivo de fazer com que cada partida realizada em suas dependências seja o espetáculo que cada torcedor e clube envolvido espera e merece que seja.

Observando esta linha de pensamento, julgamos importante salientar que a transferência de algumas rodadas do Campeonato Estadual tem como consequência a realização de jogos no EOJH que não estavam previstos anteriormente.

Pelo exposto, gostaríamos de compartilhar com os senhores a preocupação que esta demanda adicional tem nos causado, já que pode vir a comprometer a qualidade do gramado do estádio, como poderá ser comprovado pelo relatório (em anexo) emitido pelo responsável pela manutenção do gramado, o Engenheiro Agrônomo Artur Jorge de Melo. Cordialmente,
Mauricio Assumpção
Botafogo de Futebol e Regatas"

Confira agora o laudo técnico elaborado pelo engenheiro agrônomo Artur Jorge de Melo e endereçado ao presidente Mauricio Assumpção.

"Prezado Senhor,

Uso o presente para fazer os registros abaixo, sobre o gramado principal do Stadium Rio:

A- No ano de 2010, sofremos muitas críticas sobre as condições do gramado principal do Stadium Rio;
B- É sabido que a grande quantidade de jogos, aliada a problemas de sombreamento do campo, levaram às críticas supra referidas;
C- O Botafogo de Futebol e Regatas, esta Consultoria e a Empresa de manutenção, em pouco mais de 30 dias, recuperaram o gramado principal do Stadium Rio, fazendo um trabalho profundo e reconhecido por toda a mídia e pelos atletas do Clube, bem como, obtivemos o reconhecimento dos atletas de outros Clubes que jogaram no gramado, neste início de temporada, tanto que os Capitães de Flamengo e Volta Redonda, deram notas entre 08 e 10 para o gramado no primeiro jogo oficial da temporada;
D- A carga de jogos já era exacerbada, o que tornava um verdadeiro desafio profissional a manutenção da boa qualidade do gramado com cerca de 90 jogos em 2011, contudo, com o aumento desta carga de jogos, advinda de transferência de partidas de Estádios menores, para o Stadium Rio, inviabiliza a manutenção das boas condições de jogo.

Isto posto, cumpre-me recomendar a transferência de toda e qualquer atividade/ jogo não programado anteriormente para o Stadium Rio, para seus Estádios de origem, pois que senão não haverá condição de mantermos o gramado em condições de jogo. Certo de vossa compreensão, respeitosamente.

Artur Jorge P B de Melo
Eng Agrônomo"

Leia tudo sobre: botafogoflamengofluminensecampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG