Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em noite de argentinos, Grêmio supera Ipatinga e se classifica

Bertoglio e Miralles marcaram na vitória por 3 a 0, que classificou equipe gaúcha às oitavas da Copa do Brasil

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Gazeta Press
Bertoglio comemora o gol do Grêmio contra o Ipatinga
Não foi uma grande atuação coletiva, a individualidade tampouco brilhou e houve momentos de superioridade do rival. Apesar das dificuldades, o Grêmio se classificou para a fase quente da Copa do Brasil ao vencer o Ipatinga por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, no Olímpico, em noite argentina: gols de Bertoglio e Miralles – Léo Gago completou o placar. Irá enfrentar Náutico ou Fortaleza – que ainda não começam o confronto – nas oitavas-de-final.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Claro que houve pontos positivos. Os retornos de Gilberto Silva e Marco Antonio deram estabilidade a uma equipe em formação. Bertoglio e André Lima começam a ter entrosamento no ataque. A defesa completou a sexta de 21 partidas sem sofrer gol. Sem falar na confirmação do ressurgimento de Miralles.

Leia mais: Werdum lança campanha para ser patrocinado pelo Grêmio

O Grêmio na volta a campo, domingo, às 16h, contra o Ypiranga em jogo único das quartas-de-final da Taça Farroupilha, o segundo turno do Gauchão. Um dia antes, no mesmo horário, o Ipatinga desafia o Tombense na última rodada da fase classificatória da segunda divisão do Mineiro.

O jogo
Em busca do pentacampeonato e do fim de jejum de títulos nacionais de quase 11 anos, o Grêmio ainda não conseguiu se livrar das atuações burocráticas. Muito porque os laterais são figuras apáticas. Gabriel, pela direita, e Pará, ao substituir Julio Cesar (ficará três semanas afastado por problema no joelho esquerdo) na esquerda, parecem não ter força para atacar.

Veja também: Estaduais têm públicos de campeonatos obscuros da Europa

O meio-campo, então, fica sobrecarregado. Os três volantes Fernando, Souza e Léo Gago têm mobilidade, mas é Marco Antonio quem tem a missão de abastecer o ataque. E, com um lindo passe, logo a dois minutos, deixou Bertoglio à vontade para driblar Bruno e abrir o placar: 1 a 0. Foi a sétima assistência do camisa 11.

Parecia que o lance iria originar uma avalanche de situações de gol. Porém, aos poucos, o Ipatinga equilibrou as ações. Leandro Brasília e Bruninho levaram perigo a Victor enquanto o Grêmio só voltou a ameaçar com Léo Gago.

O panorama não mudou muito no segundo tempo. O Grêmio manteve as mesmas dificuldades e, precisando virar a partida para continuar na competição, o Ipatinga passou a atacar mais. Na melhor oportunidade, Jonatas Obina perdeu gol incrível: chutou para fora cara-a-cara com Victor.

Confira ainda: “Menos bonito”, Gilberto Silva admite dificuldade com máscara

A disputa continuava com ar sonolento até Miralles, que havia entrado no lugar de Bertoglio, fazer o segundo gol, o segundo golaço em dois jogos desde que foi reintegrado ao grupo. Ele recebeu na esquerda, girou e, do bico da área, encobriu o goleiro: 2 a 0.

Com a vantagem, o Grêmio passou a administrar a partida. Ainda deu tempo para Léo Gago ampliar aos 40 minutos. Uma goleada para avançar na Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 0 IPATINGA

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 11 de abril de 2012, quarta-feira
Horário: 19h30min (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Auxiliares: Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Michael Correia (RJ)
Cartões amarelos: Léo Gago, Gilberto Silva, Werley (Grêmio); Cacá, Fabinho, Wellington Bruno (Ipatinga)

Gols:
Grêmio: Bertoglio, aos dois minutos do primeiro tempo. Miralles, aos 32 minutos, Léo Gago, aos 40 minutos, do segundo tempo.

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Werley, Gilberto Silva e Pará; Fernando, Souza, Léo Gago e Marco Antonio (Felipe Nunes); Bertoglio (Miralles) e André Lima (Leandro).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

IPATINGA: Bruno; Fabinho (Laécio), Claudio Luiz, Azevedo e Bruninho; Leanderson, Everton, Leandro Brasília (Diney), Wellington Bruno; Marcel (Cacá) e Jonatas Obina.
Técnico: Ney da Matta

Leia tudo sobre: GrêmioIpatingaCopa do Brasil 2012BertoglioMiralles

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG