Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em momentos opostos, Fla e Flu decidem vaga na final da Taça Rio

Time da Gávea vem de dois empates ruins, enquanto Fluminense chega com moral após vaga na Libertadores

Renan Rodrigues e Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Um dos velhos clichês filosóficos do mundo dos 'boleiros' diz que "futebol é momento". Para comprovar ou desmentir a tese, justamente por viverem situações opostas, Fluminense e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h, no estádio Engenhão, pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Já garantido na final do estadual por ter vencido a Taça Guanabara, o Flamengo tenta repetir o feito no segundo turno e conquistar o título de forma antecipada.

Na final da Taça Rio, o vencedor de Fluminense e Flamengo enfrenta o Vasco, que venceu o Olaria por 1 a 0 neste sábado, pela outra semifinal do torneio. Além da vaga, o clássico também coloca dois tabus em disputa. A invencibilidade do Flamengo no ano, já que o time comandado por Vanderlei Luxemburgo não perdeu nenhuma das 22 partidas disputadas na temporada, e a série de três anos (quatro partidas) sem vitória do Flu sobre o maior rival.

Fluminense embalado
Pouco mais de um mês após o primeiro encontro entre as duas equipes no ano, o empate sem gols contra o Flamengo, pela fase de grupos da Taça Rio, que ficou marcado pela saída do técnico Muricy Ramalho, o Fluminense vive uma situação totalmente oposta ao momento de crise que atravessou. De praticamente eliminado na Copa Libertadores, o time das Laranjeiras conseguiu uma heroica classificação às oitavas de final na última quarta-feira, vencendo o Argentinos Juniors por 4 a 2, em Buenos Aires. A resposta da torcida foi a recepção de mais de dois mil torcedores, que lotaram o aeroporto internacional Tom Jobim, no desembarque da delegação no Rio.

Apesar dos últimos bons resultados e da empolgação da torcida fora de campo, os jogadores garantem que a equipe está concentrada e não se consideram favoritos na partida deste domingo. "Lembro que dei entrevista antes do último clássico contra o Flamengo e disse que cada um jogaria o favoritismo para o outro lado. Não tem como apontar um favorito, são grandes equipes e qualquer resultado pode acontecer. Um clássico pode ser decidido nos detalhes. Então, precisamos estar ligados. Enfrentar o rival é muito bom, mas não adianta ficar falando que vai fazer três gols, que vai vencer, tem que entrar em campo e fazer", disse o atacante Rafael Moura.

Preocupado com o adversário, o técnico do Fluminense, Enderson Moreira, pede atenção aos jogadores do Fla, mas nega uma marcação individual em Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves. “São jogadores de um nível técnico excepcional, assim como nós também temos atleta deste nível aqui. O segredo é tentar marcar bem, não dar espaço. Claro que é um desafio, porque são só essas duas peças, mas também toda equipe”, declarou Enderson.

Photocamera
Fred e Conca estarão em campo contra o Fla
Ainda sem contar com o meia Deco, que se recupera de um edema na coxa, e com o atacante Emerson, afastado pela diretoria por indisciplina, o treinador do Fluminense deve repetir a mesma escalação que atuou contra o Argentinos Juniors, na última quarta-feira, com Marquinho no meio-campo e Julio Cesar na lateral-esquerda. Rodriguinho, que se recuperou de lesão na coxa, ainda não estará disponível.

Flamengo mantém confiança
Se o Fluminense vive um 'romance' com a torcida, a situação do Flamengo é um pouco diferente. Na última quarta-feira, no empate de 1 a 1 contra o Horizonte-CE, no estádio Engenhão, pela Copa do Brasil, os torcedores se irritaram com o time e vaiaram a equipe e Ronaldinho Gaúcho. Para o técnico Vanderlei Luxemburgo, a equipe precisa melhorar, mas o resultado pela Copa do Brasil foi pontual e os últimos resultados das duas equipes não garantem favoritismo ao Fluminense.

"O Flamengo não é o melhor do mundo. Ainda tem que melhorar muito. Hoje, os grandes do Rio têm uma condição melhor porque precisavam buscar o direito de disputar a final do Carioca e os pequenos também melhoraram, querendo tirar pontos do Flamengo. Quando começa o jogo, muda tudo. Não tem favorito. Estaríamos preparados independentemente do resultado do jogo do Fluminense (contra o Argentinos Juniors)", disse o comandante do Flamengo.

Além disso, o treinador lembra que o Flamengo é a única equipe que pode garantir o título estadual ao vencer a Taça Rio e discorda de quem contesta os resultados do time no ano. "Dentro do trabalho, nosso resultado é excelente. Temos o direito adquirido de disputar a final do Campeonato Carioca e empatamos um jogo (com o Horizonte) em que temos condições de virar no próximo. A equipe não jogou bem nos últimos quatro jogos, mas não aceito que digam que o trabalho é ruim. O Flamengo está a 180 minutos de ser campeão. Os outros precisam de 360, fora os acréscimos, e os meus jogadores sabem disso", declarou Luxemburgo.

Para enfrentar o Fluminense, o Flamengo terá duas mudanças na equipe que empatou com o Horizonte-CE. O volante Maldonado, que sofreu um rompimento no enxerto do ligamento cruzado do joelho esquerdo, e ficará pelo menos seis meses fora dos gramados, será substituído por Fernando. A outra mudança é a saída de Negueba e a entrada de Rodrigo Alvim na lateral-esquerda. Assim, Renato Abreu volta ao meio-campo da equipe carioca. Ronaldinho Gaúcho, que torceu o tornozelo, está recuperado e confirmado para a partida.

Foram vendidos 17 mil ingressos para a semifinal até a tarde deste sábado. Os torcedores ainda podem adquirir bilhetes no domingo. Para a torcida do Flamengo, estão destinados os setores Sul e Leste, enquanto os tricolores deverão entrar pelas alas Norte e Oeste do estádio Engenhão.

FICHA TÉCNICA - FLUMINENSE x FLAMENGO

Local: estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão (RJ)
Data: 24 de abril de 2011 (Domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols
Assistentes: Jackson Lourenço e Wagner de Almeida

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Edinho e Julio Cesar; Valencia, Diguinho, Marquinho e Conca; Rafael Moura e Fred.
Técnico: Enderson Moreira

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Welinton, David, Rodrigo Alvim; Fernando, Willians, Thiago Neves, Ronaldinho e Renato; Wanderley
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Leia tudo sobre: flamengofluminensecampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG